EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

8 de Agosto de 2020

Assim como Everson, Sasha entra na Justiça contra o Santos para rescindir contrato

Atacante expôs pagamentos atrasados antes mesmo da pandemia e desabafou: 'Ninguém da diretoria nos dá satisfação'

O atacante Eduardo Sasha comunicou, nesta segunda-feira (20), por meio de sua assessoria, que entrou com uma ação contra o Santos na Justiça do Trabalho, na cidade de Santos, para poder rescindir seu contrato com o clube. Os motivos são os mesmos que levaram o goleiro Everson a processar o Peixe: pagamentos atrasados.

A assessoria do atleta, que tem vínculo formal com o Santos até dezembro de 2022, alega "falta de pagamento dos salários e falta de recolhimento do FGTS" e afirma que o jogador está "requerendo o pagamento das verbas rescisórias e compensatórias devidas".

"Eu sou pai de família, tenho minhas responsabilidades e obrigações e fomos comunicados que teríamos um desconto de 30% em nossos salários, por conta da pandemia. Nós jogadores estávamos dispostos a aceitar, porque sabíamos da situação que o mundo estava vivendo. Porém, faltando dois dias para o pagamento, fomos comunicados que teria um corte de 70% nos salários, não houve nenhuma explicação", desabafou Sasha por meio de sua assessoria.

"Não há o recolhimento do FGTS faz algum tempo, e já tínhamos três meses de imagem atrasados, antes mesmo da pandemia. Ninguém da diretoria nos dá nenhuma satisfação", complementou.

Artilheiro do time alvinegro no Campeonato Brasileiro de 2019, Sasha reforçou seu respeito pelo clube e pelos torcedores santistas, e disse que vive em um "ótimo ambiente" com seus companheiros de equipe e os demais funcionários do Santos. "Mas não há como permanecer por total falta de respeito e comprometimento com os profissionais", continuou.

Tudo sobre: