EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

18 de Março de 2019

Alexandre Pato vai ficar na China, afirma empresário

O atacante brasileiro tem vínculo com o clube chinês até o fim de 2019

Sonho da diretoria do Santos, o atacante Alexandre Pato não deixará o Tianjin Quanjin, da China. A informação foi confirmada para A Tribuna On-line pelo empresário do jogador, André Cury, na tarde desta quinta-feira (21).

O brasileiro de 29 anos tem contrato com a equipe chinesa até o fim de 2019 e tentava a rescisão imediata para voltar ao Brasil. Pato tinha como plano retornar ao futebol paulista e era disputado por Santos, São Paulo e Palmeiras. 

"Já é certo. O Pato não vai voltar ao Brasil. O clube não aceitou a rescisão de contrato", disse Cury ao site. 

Com o fim das tentativas, o empresário Francisco Godoy e um advogado que faz parte do estafe de Pato retornam ao Brasil na noite desta quinta-feira. O jogador, que ainda está no País, deve retornar ao continente asiático nos próximos dias para dar continuidade ao seu vínculo com o Tianjin. 

Firmar contrato com um clube de São Paulo, exceto o Corinthians, pelo qual não teve boa passagem, era um desejo do atacante para ficar perto da namorada Rebeca Abravanel, apresentadora do SBT e filha do empresário e dono da emissora, Silvio Santos.