Sereias da Vila estreiam em edição enxuta do Paulistão feminino

Equipe santista encara o Nacional, às 11h deste domingo, com transmissão pelo Facebook

Após derrota para a arquirrival no Brasileirão, as Sereias da Vila voltam a campo na manhã deste domingo (18) na estreia da edição “enxuta” do Campeonato Paulista Feminino. A equipe santista entra em campo às 11h, contra o Nacional.  A rodada inicial do torneio começou na manhã deeste sábado (17), com transmissão pelo Facebook. 

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços! 

A ideia inicial da Federação Paulista de Futebol (FPF) era de que a competição fosse disputada por 16 clubes, quatro a mais do que o ano passado. A competição já tinha tabela definida e começo marcado para 12 de abril, com os participantes se enfrentando em pontos corridos, em turno único, até a definição dos oito classificados ao mata-mata. 

Só que a pandemia alterou os planos e quatro equipes desistiram de disputar o campeonato: Internacional, de Franca, Caldeirão, de Piracicaba, Portuguesa e União Mogi. O formato de disputa do Paulistão também foi alterado. Em 2019, o campeão Corinthians disputou 20 jogos - agora serão apenas 11. A ideia inicial seriam 21 partidas nesta temporada, o que precisou ser reduzido quase pela metade. 

Os 12 times participantes estão divididos em dois grupos de seis, cada. Eles vão se enfrentar dentro da chave, em turno único, com os quatro melhores avançando às quartas de final. O mata-mata será disputado em jogos de ida e volta, até a decisão, com o campeão sendo conhecido em 20 de dezembro. Ou seja, serão pouco mais de dois meses de disputa. 

“É um grande desafio nessas condições por conta da pandemia. Vamos realizar com a maior segurança possível, mas vamos entregar o campeonato para fomentar e ajudar a modalidade. Já que não tem torcida, vamos fazer com que o produto chegue para o público. A gente tem que criar conteúdo do futebol feminino, pois é um bom produto e tem pessoas que querem e assistem”, afirma Ana Lorena Marche, coordenadora de futebol feminino da FPF. 

Enxuto  

O torneio está enxuto, mas não significa que perderá em visibilidade, tanto que as 38 partidas terão exibição pelo Facebook Watch. A produção dos jogos ao vivo será realizada pela FPF TV, com uma equipe de cobertura inteiramente composta por mulheres: narradoras, comentaristas e repórteres. 

A parceria ainda trará conteúdos inéditos da FPF para o Facebook Watch, incluindo a série documental sobre o futebol feminino no Brasil "Absolutas - O futebol feminino contra-ataca", que terá 8 episódios e exibição às sextas-feiras, a partir do dia 23. 

Dentro de campo, o torneio começará com seis meses de atraso e sem a presença de público nas arquibancadas, um cenário bem diferente ao de 2019, quando 28 mil pessoas lotaram o estádio do Corinthians para ver o time vencer o São Paulo na grande final para conquistar o título estadual, concluindo uma histórica campanha, de 20 vitórias em 20 jogos. 

Assim como já acontecera no ano passado, o Paulistão terá a concorrência do Brasileiro, que está prestes a iniciar as quartas de final, inclusive com dois confrontos estaduais - Santos x São Paulo e Ferroviária x Palmeiras -, além da presença de Corinthians. Esses cinco clubes são, também, os principais favoritos a ficar com a taça, sendo que um sexto participante também esteve envolvido no Nacional, o São José. 

 

Confira a 1ª rodada do torneio: 

Sábado (17)  

10h - Realidade Jovem x Taboão da Serra - São José do Rio Preto 

11h - São Paulo x Red Bull Bragantino - Cotia 

14h - Taubaté x Juventus - Taubaté 

  

Domingo (18) 

11h - Santos x Nacional - Santos 

14h - São José x Corinthians - São José dos Campos 

  

Segunda-feira (19) 

17h - Ferroviária x Palmeiras - Araraquara 

  

Confira os grupos: 

Grupo 1: Ferroviária, Palmeiras, Realidade Jovem, Bragantino, Taboão da Serra e São Paulo. 

Grupo 2: Corinthians, Juventus, Nacional, Santos, São José e Taubaté. 

 

Tudo sobre: