Irmão lamenta morte de Diego Maradona: 'o futebol morreu'

Hugo, um dos sete irmãos de Maradona, pediu para que os amantes do futebol se lembrem dele por tudo que foi deixado em campo

Primeiro familiar a se pronunciar publicamente após a morte de Diego Maradona, Hugo, um dos sete irmãos do ídolo do futebol argentino e mundial, lamentou o ocorrido e fez um pedido aos amantes do futebol que se lembrem dele por tudo o que deixou em campo. "Hoje para mim o futebol morreu, ele deixou tudo em campo e quero que eles se lembrem dele por tudo que ele deu em campo", afirmou, muito emocionado, em uma entrevista ao canal de TV argentino TyC Sport direto da Itália, onde reside.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços!

Hugo, que tem o apelido de "El Turco", revelou que está fazendo tudo o que é possível para poder se despedir do irmão. Ele disse que já passou por um "exame urgente de covid" para cumprir os protocolos e viajar imediatamente para a Argentina. Já pediu publicamente às autoridades argentinas que fiquem isentas dos 14 dias de quarentena exigidos para entrar no país de acordo com medidas sanitárias.

"Estou muito triste, muito triste, isso é muito doloroso, é uma perda muito grande e tudo que eu quero é abraçar meu irmão. Ainda não consigo acreditar, acho que o que está acontecendo é uma piada", comentou. O corpo de Maradona está sendo velado nesta quinta-feira na Casa Rosada, sede do governo em Buenos Aires.

"Agora é preciso deixá-lo descansar em paz porque, como ele disse no estádio do Boca: 'fiz cagada e paguei por isso' e aquelas cagadas pregaram uma peça nele", disse Hugo. "Espero poder viajar para me despedir do meu irmão, abraçar os meus irmãos e estar com todas as pessoas que o amam e que sempre o amarão", acrescentou.

Tudo sobre: