EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

23 de Março de 2019

Federer se diz ansioso para enfrentar saque poderoso de Serena Williams

Suíço e a norte-americana vão se enfrentar em duelo dos seus países na Copa Hopman

O primeiro dia de 2019 será especial para os fãs de tênis. Eles poderão ver na mesma quadra as lendas Roger Federer e Serena Williams, dois dos maiores atletas da modalidade na história. O suíço e a norte-americana vão se enfrentar em duelo dos seus países na Copa Hopman, numa partida de duplas mistas, em Perth, na Austrália. 

Em quadra, no dia 1º de janeiro, estarão 43 títulos de Grand Slam. Federer é o recordista de títulos deste nível no masculino, com 20 troféus. Serena soma 23 e está a uma conquista de igualar o recorde da australiana Margaret Court. 

"Será muito empolgante para nós. Eu espero que os fãs de tênis assistam ao jogo porque será algo único neste tipo de competição", afirmou Federer, neste domingo. Nos duelos da Copa Hopman, que é reconhecida pela Federação Internacional de Tênis (ITF), mas não vale pontos para o ranking, os confrontos são realizados em melhor de três, com dois jogos de simples e um de duplas mistas. 

Aos 37 anos, Federer disse estar ansioso para enfrentar o poderoso saque da rival americana, de mesma idade. "Eu admiro tudo o que ela fez dentro e fora das quadras", afirmou o suíço. "Sempre imaginei como seria receber um saque dele, num confronto direto", disse Federer. 

O suíço admitiu estar feliz por poder ter maior contato com a americana. "Eu não a conheço muito bem. Somente tive contato com ela naqueles jantares dos campeões em Wimbledon. Somos muito ocupados, com equipes grandes. Acho que hoje temos mais coisas em comum, por sermos pais", declarou.

Federer estreou na competição neste domingo. Ele aplicou um duplo 6/1 sobre o britânico Cameron Norrie. Na sequência, a suíça Belinda Bencic bateu a britânica Katie Boulter por 6/2 e 7/6 (7/0). Depois, os dois suíços venceram os britânicos por 4/3 (5/4) e 4/1. Assim, a Suíça lidera o Grupo B da competição entre equipes, que serve de preparação para o Aberto da Austrália.

"Gostei da minha performance. Estou feliz com todos os aspectos do meu jogo: jogo de pernas, atuação ofensiva, saque e devolução Tudo estava lá hoje", avaliou o tenista suíço, que também enfrentará o jovem Frances Tiafoe na segunda, no confronto com os Estados Unidos.