EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

9 de Agosto de 2020

Elenco do Fluminense critica volta do Carioca: 'Não existe explicação plausível'

Jogadores do tricolor se uniram e divulgaram uma nota oficial nas redes sociais se posicionando contra o retorno em meio à pandemia

O Campeonato Carioca será retomado nesta quinta-feira com a partida entre Bangu e Flamengo, no estádio do Maracanã, pela quarta rodada da Taça Rio, o segundo turno do Estadual. Outros cinco jogos estão programados para acontecer até a próxima segunda, entre eles o do Fluminense contra o Volta Redonda. Os jogadores do clube tricolor se posicionaram contra o retorno da competição.

De maneira conjunta, os atletas do time das Laranjeiras divulgaram uma nota oficial nas redes sociais na qual afirmam "não haver explicação plausível" para o retorno e lamentam não ter o período de preparação adequado para a prática profissional "Jogaremos sob protesto caso o Fluminense seja obrigado a jogar antes do tempo", disse parte do comunicado.

Principal reforço do Fluminense para 2020, o centroavante Fred puxou a campanha em sua conta no Instagram e demonstrou apoio à diretoria. Apenas o clube tricolor e o Botafogo se manifestaram contrários à decisão no Conselho Arbitral da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), realizado na última segunda-feira, e tem defendido o direito de jogar apenas em julho.

O lateral-direito Igor Julião afirmou que o movimento foi feito "de forma independente pelos atletas" e reforçou a contrariedade do elenco. Na sequência, outros jogadores do elenco - casos de Nino, Hudson, Luan Freitas, Evanilson, Marcelo Pitaluga e Miguel - fizeram o mesmo.

"Nós, atletas do Fluminense Football Club, manifestamos o nosso desacordo sobre a decisão oficial de retorno do Campeonato Carioca. Ainda vivemos em um cenário de muitas mortes diárias, tanto na cidade do Rio de Janeiro, quanto em outras regiões do país. Sendo assim, evidentemente, não nos sentimos confortáveis em colocar ainda mais vidas em risco. Nossa luta, desde o início dessa situação, é para que o futebol retorne em um momento oportuno", afirmou a nota.

"Como atletas de alto rendimento, precisamos também de tempo adequado para a preparação, já que o retorno aos gramados de maneira precipitada pode acarretar lesões em todos nós. Nunca na história do futebol mundial houve uma paralisação de tanto tempo Deste modo, não existem explicações plausíveis para o retorno imediato do Campeonato Estadual. Nenhum outro Campeonato tem seu retorno previsto para o mês de junho, somente o do Rio de Janeiro, o que por si só demonstra um contrassenso, já que em cidades com taxas muito menores sequer voltaram a treinar", prosseguiu.

"Por fim, reiteramos o nosso profissionalismo e respeito ao clube, que tem sido incansável na luta de preservar nossa saúde e de nossos funcionários, mas deixamos claro que jogaremos sob protesto caso o Fluminense seja obrigado a jogar antes do tempo no momento de maior dificuldade da humanidade nos últimos 100 anos", finalizou o protesto dos jogadores.

Esta não foi a primeira vez em que os jogadores do Fluminense se manifestaram contra a volta das atividades esportivas. Em transmissão ao vivo realizada pela FluTV, o meia Nenê afirmou que "era um absurdo" pensar em voltar as atividades por agora.

Tudo sobre: