EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

6 de Dezembro de 2019

Clássico do futebol mundial, Brasil e Argentina se enfrentam em amistoso em Riad

Duelo entre as duas seleções sul-americanas está marcado para as 14h desta sexta-feira; Confira as prováveis escalações

Sem vencer há quatro partidas, o Brasil entra em campo nesta sexta-feira (15) para um clássico do futebol mundial, contra a Argentina. A partida, amistosa, está marcada para as 16h (de Brasília) e será realizada no Estádio Universitário Rei Saud, em Riad, na Arábia Saudita.

Tite se negou a confirmar a formação titular para o confronto diante da tradicional rival. No entanto, é provável que Willian ou Richarlison comecem jogando na vaga que era de Neymar, lesionado. Firmino e Gabriel Jesus devem completar o trio de ataque. 

O técnico brasileiro tem sua maior preocupação voltada ao craque do time argentino: Messi. Tite acredita que a força do coletivo será fundamental para anular o meia-atacante.

"Ele é um jogador diferente, tem qualidades técnicas impressionantes. Mas a gente nunca neutraliza um jogador assim, diminuímos as virtudes. Mas o futebol é um esporte coletivo. Um coletivo forte vai potencializar um Coutinho, Firmino, Willian, assim como Otamendi, Aguero... Estamos tratando de Messi. Ele é um jogador diferenciado", disse o comandante brasileiro em entrevista coletiva nesta quinta-feira (14).

Treinador da seleção da Argentina, Lionel Scaloni também falou com a imprensa sobre o adversário desta sexta: "O Brasil não está em crise nem nada, segue sendo perigoso, segue sendo Brasil. Mas nós como equipe estamos mais consolidados. Isso é indubitável, isso nos dá tranquilidade".

Ficha técnica:

Brasil x Argentina
Amistoso
15 de novembro de 2019
14h (de Brasília)
Estádio Universitário Rei Saud (Riad, Arábia Saudita)
Transmissão da Globo

Prováveis escalações:

Brasil: Alisson; Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; Gabriel Jesus, Willian (Richarlison) e Roberto Firmino. Técnico: Tite

Argentina: Andrada; Foyth, Otamendi, Pezzella e Tagliafico; De Paul, Paredes e Acuña; Messi, Agüero e Lautaro Martínez. Técnico: Lionel Scaloni

Árbitro: Não divulgado

Assistentes: Não divulgado

Tudo sobre: