EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

24 de Março de 2019

Pelé aprova vinda de Abel ao Santos e parabeniza título do Palmeiras: "sou fã do Felipão"

Rei do Futebol esteve no Museu Pelé, em Santos, ao lado do bicampeão mundial de boxe, Éder Jofre

Pelé esteve ao lado do bicampeão mundial de boxe, Éder Jofre (foto: Raimundo Rosa/PMS)

Pelé esteve no Museu que leva o seu nome, em Santos, na tarde desta quarta-feira (28). O Rei do futebol esteve ao lado de Éder Jofre, o Galinho de Ouro, bicampeão mundial de boxe. O anfitrião homenageou o ilustre visitante com uma chuteira e recebeu, em troca, uma luva.

Durante entrevista à imprensa, Pelé parabenizou o Palmeiras pelo título brasileiro conquistado no último domingo e aprovou a vinda de Abel Braga para ser treinador do Peixe.

"Sem dúvida nenhuma (é um bom nome). Conheço o Abel do tempo em que fomos colegas e acho que é uma boa escolha. O Santos é um time que não precisa se preocupar muito com esse negócio. Precisa realmente é ter um técnico seguro. Um técnico que, pelo menos, cumpre com o que ele promete. O problema é a insegurança porque o Santos tem um nome grande, o time começa a não ir bem e os técnicos começam a mudar do projeto inicial. É isso que acontece", analisou o Rei.

Abel Braga, que treinou o Fluminense até a parada para a Copa do Mundo da Rússia, é um dos mais cotados para assumir o Santos no lugar de Cuca, que deixará o clube para cuidar de um problema no coração. Segundo o seu agente e filho, Fábio Braga, Abelão ainda não recebeu nenhuma proposta, mas garante que o pai irá voltar a trabalhar em 2019.

Pelé ainda aproveitou para parabenizar o Palmeiras pelo título do Brasileirão, conquistada no último domingo após vitória sobre o Vasco, e diz ser fã de Felipão.

"Você sabe que eu fiquei muito feliz, primeiro, porque eu gosto do Felipão, eu sou fã dele. E segundo porque não foi justo o que fizeram com ele e com a Seleção Brasileira quando a gente perdeu para a Alemanha. Ninguém é Jesus Cristo para poder mudar as coisas. Acho que foi bem merecido. Infelizmente, não foi o Santos (risos). Espero que sirva de exemplo para o brasileiro tudo o que vem acontecendo. Muitas vezes acontecem alguns incidentes e as pessoas querem eliminar as outras, e não pode. Tem que entender. E ele deu a volta por cima".