EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

23 de Março de 2019

Roberto Debski

Roberto Debski mora em Santos, é médico formado pela Faculdade de Ciências Médicas de Santos e psicólogo formado pela Universidade Católica de Santos. É especialista em acupuntura e homeopatia pela Associação Médica Brasileira, pós graduado em Atenção Primária à Saúde e tem diversas formações em Práticas Integrativas e Complementares, Meditação, Constelações Familiares Sistêmicas, EMDR e Coaching. Com foco na saúde física, mental e Qualidade de Vida, estimula a mudança no comportamento, no estilo de vida e na consciência, a fim de melhorar os resultados dos tratamentos clínicos, dos relacionamentos interpessoais e do bem estar.

Você quer aproveitar esse carnaval? E os próximos? Dicas importantes para sua folia!

Carnaval é a festa mais aguardada no Brasil.

São meses, o ano todo de preparação para esses 4 dias.

Feriado prolongado, alegria, samba, viagens, comer, beber, conhecer pessoas, diversão saudável, muitas boas possibilidades, mas por vezes atitudes sem consciência com consequências duradouras.

Nosso país é conhecido em todo mundo principalmente pelo futebol e pelo carnaval. 

Como o futebol não anda lá essas coisas, o foco principal é essa grande festa.

Dizem que o Ano Novo no Brasil só começa de fato após o carnaval.
Todos querem aproveitar, curtir, se divertir. 

Para que isso aconteça com tranquilidade, sem incidentes, sem doenças ou sustos, devemos tomar algumas precauções. 
Vamos refletir sobre algumas atitudes que podem ajudar todos a aproveitarem o melhor carnaval de sua vida, sem problemas.

1- Hidrate-se adequadamente

O calor está intenso, transpiramos muito, perdemos líquido pela respiração. 

Por vezes no ânimo da festa, as pessoas esquecem de se hidratar, e, quando a sede chega intensa, já estamos com algum grau de desidratação. 

O álcool é diurético e pode intensificar a perda de líquidos.

Beba líquidos frequentemente, antes de sentir sede é o ideal. 
Quando sentimos sede, já podemos estar com algum grau de desidratação. 

Chás, sucos naturais, água de coco, isotônicos com moderação e sempre bastante água filtrada. 

Necessitamos muito nos hidratar, repor os minerais e carboidratos para manter a energia, então revezar entre essas bebidas é o ideal para manter a saúde.

2- Bebidas alcoólicas com moderação:

O uso de bebidas alcoólicas deve ser consciente para não causar transtornos e problemas. 

O abuso leva as pessoas a diversas situações que colocam em risco à saúde, as pessoas alcoolizadas deixam de aproveitar a festa necessitando ser atendidas em serviços de urgência com desidratação, hipoglicemia e até mesmo coma alcoólico.

O comportamento de uma pessoa alcoolizada geralmente é inadequado, podendo levar a discussões e brigas, traumatismos, acidentes de trânsito, sexo inseguro e doenças sexualmente transmissíveis e gestações não planejadas, consequências que irão perdurar por toda vida.

Coma antes de beber, modere a ingestão, e aproveite a folia com consciência e saúde.

3- Atenção com energéticos:

São usados para manter a disposição e a energia, mas normalmente têm altos níveis de cafeína e outras substâncias que podem causar gastrite, irritabilidade e até arritmia cardíaca, a palpitação.

4- Proteção solar:

A pele e os olhos devem sempre ser protegidos dos raios ultravioletas, os quais estão presentes mesmo quando o tempo está nublado. 

Se for andar ou ficar na praia, passear em ambiente externo ou pular na rua durante o dia, alguns cuidados são necessários. 

Use bonés, chapéus, camisetas e lembre-se dos protetores solares, com Fator de Proteção Solar (FPS) mínimo de 15, que deve ser reaplicado cada duas a três horas. Cuidado com a exposição nos horários entre as 10 e 16 horas quando a incidência de UV é maior. Para os olhos que também sofrem com o sol, use óculos com proteção UV durante o dia.

5- Alimentação para as festas:

Alimente-se bem, coma alimentos ricos em carboidratos  como batata, milho, macarrão, pães, arroz para o suprimento de energia. 

Evite alimentos gordurosos e frituras. Não fique mais de três a quatro horas sem se alimentar. Ingira muitos líquidos, sucos, água, coma barrinhas de cereais, sanduiches naturais, frutas, sempre cuidando da conservação e da procedência destes alimentos.

6- Sexo somente se for seguro:

Muitas doenças são transmitidas pelo sexo e uma única relação sexual sem preservativo pode ser suficiente para a contaminação pelo vírus da AIDS, herpes genital, gonorreia, cancro mole e sífilis dentre outras, além de uma gravidez indesejada.
O preservativo é o melhor método para evitar as DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) e a gravidez. Deixar para usar a pílula do dia seguinte pode prejudicar sua saúde pelas grandes doses hormonais, além do que não previne a contaminação pelas DSTs. Cuide-se, seja consciente e poderá aproveitar muitos carnavais com saúde.

7- Cuidado com os beijos, também podem transmitir doenças:

Algumas doenças também podem ser transmitidas pelo beijo. A mononucleose infecciosa, conhecida como “doença do beijo” causa febre, dor de garganta, inchaço dos gânglios do pescoço, do fígado e do baço. 

Herpes labial também se adquire pelo beijo, sempre que houver lesões aparentes, aquelas bolhinhas vermelhas em torno da boca. Esta doença permanecerá com você a vida toda e retornará sempre que houver um estresse ou queda da imunidade, como tomar sol excessivo ou a época menstrual para as mulheres

8- Evite a automedicação:

Se você abusar de bebidas alcoólicas e alimentos e sentir dor de cabeça ou mal estar, cuidado e atenção com remédios que possam provocar ou piorar uma gastrite, como por exemplo o ácido acetilsalicílico e os antiinflamatórios

Cuidado com a associação de álcool e paracetamol, que é uma mistura perigosa para o fígado.
Se tiver náuseas e vômitos a medicação via oral provavelmente não fará efeito e você precisará buscar um serviço de pronto atendimento para ser medicado via intramuscular ou intravenosa. Siga as dicas deste post de forma responsável e evite que isto ocorra.

9- Use o tempo também para descansar entre os períodos de folia:

Para evitar acidentes, cansaço e o esgotamento, use alguns períodos do dia para descansar. 
Não é indicado pular a noite e dia, ir à praia e passear, sem ter períodos de descanso adequados. Durma pelo menos seis a oito horas por dia para que seu corpo possa se restaurar. Caso contrário, ficará difícil aguentar o ritmo durante as festas. Tire cochilos durante o dia, respeite os ritmos de seu organismo.

10- Cuidado com o mosquito da dengue (e Zika e Chikungunya):

A recomendação para evitar essas doenças é a prevenção, não há tratamento específico.

Devemos destruir os criadouros do mosquito Aedes aegypiti, este sim por enquanto o único com capacidade comprovada de transmitir os vírus da dengue, Chikungunya e Zika. 

Devemos evitar ter e inutilizar quaisquer recipientes com água parada, onde o mosquito normalmente é encontrado e deposita seus ovos.
Lembre-se também de usar repelentes e reaplicá-los regularmente.

11- Vacinação:

As aglomerações, o convívio com pessoas de diversas cidades e países, a possibilidade de ferimentos, tudo é uma oportunidade para o contágio com diversas doenças e transmissão de vários microorganismos e vírus. Estar com as vacinas em dia, inclusive a do tétano, (pois é comum cacos de vidro, latas e objetos serem jogados nas ruas) é muito importante para ajudar a prevenir doenças infectocontagiosas.

12- Lesões osteomusculares:

Muitas pessoas não se preparam com uma rotina de exercícios e alongamentos regularmente, e no carnaval exigem do corpo uma rotina para o qual não estão preparados. Nesta época ocorrem muitos casos de dor e lesões musculares, torções e fraturas de tornozelo, lesões dos joelhos, causadas ou agravadas pelo uso inadequado de calçados. Não é indicado o uso de salto alto para correr atrás de trios elétricos ou pular durante muitas horas. O uso de saltos além do possível desequilíbrio levando às lesões descritas sobrecarrega os pés, articulações, tendões de Aquiles e a própria coluna vertebral. O correto é optar por calçados confortáveis, baixos e se possível com amortecimento.

Ao seguir esses cuidados básicos com consciência e responsabilidade, você poderá aproveitar muito o período de folia. 

Divirta-se nesse ano, e também preserve-se para os próximos carnavais, pois você merece.

Compartilhe este post com seus amigos e aproveitem todos o Carnaval com muita consciência, paz e saúde.

Dr. Roberto Debski

Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.