EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

23 de Março de 2019

Prefeitura de Registro retomará obra do Memorial da Imigração Japonesa

TJSP liberou continuação das obras após trabalhos serem suspensos há mais de um ano

A obra do Memorial da Imigração Japonesa, em Registro, no Vale do Ribeira, será retomada após a prefeitura vencer processo judicial. Uma denúncia sustentava que a área para a edificação era imprópria. Mesmo o Executivo e a empresa vencedora da licitação terem em posse todas as autorizações ambientais necessárias, a obra foi embargada pela Justiça do município.

A ação civil pública, no entanto, foi julgada improcedente pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), na última sexta-feira (15), e a empresa foi notificada nesta segunda-feira (18) para a retomada das obras.

De acordo com o prefeito de Registro, Gilson Fantin, as licenças foram concedidas na forma da lei junto aos órgãos ambientais. Ele afirma que foi um trabalho em conjunto com todas as secretarias, pois entende que o museu é importante para a preservação da memória. O local contribuirá com a história e se transformará em mais um ponto turístico para a cidade, segundo o prefeito.

O Memorial irá abrigar o acervo de bens históricos e obras de arte da colônia japonesa, e contará com salas expositivas, auditório, sanitários e copa. A área total construída será de 666 metros quadrados. O local fica no Parque Beira Rio.