EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

16 de Outubro de 2019

Defesa Civil realiza Simulado de Abandono Emergencial em Eldorado

Ação tem como objetivo preparar a comunidade para ocorrências típicas do período de verão

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (CEPDEC/SP) realiza no próximo sábado (23) um exercício simulado em Eldorado, no Vale do Ribeira. A ação visa a prevenção, preparação, resposta e recuperação para situações de risco.

As situações simuladas serão de inundação e escorregamento com remoção preventiva dos moradores para abrigos temporários. O município realizou, também, a capacitação de uma equipe local.

O treinamento é uma parceria entre CEPDEC/SP, Prefeitura de Eldorado, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Grupamento Aéreo, Polícia Ambiental, Polícia Rodoviária, Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN), Instituto Geológico (IG), Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), Guarda e Ambulância Municipais.

A comunidade residente em áreas de risco será capacitada de modo a torná-la resiliente. O simulado focará em integrar e articular as ações dos diversos órgãos envolvidos na resposta a um possível evento calamitoso, como enchentes, deslizamentos, entre outros desastres.

O evento ocorrerá no próximo sábado, a partir das 9h, no Posto de Comando montado na Escola Estadual Jaime de Almeida Paiva, situada na Rua Paula de Souza, 145.

Confira o roteiro do Simulado de Abandono Emergencial de Área de Risco:

- Início às 9h no Posto de Comando (Rua Paula de Souza, 145, Eldorado);

- Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC) de Eldorado recebe, via SMS, o aviso meteorológico da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (CEPDEC/SP);

- Equipes da Defesa Civil municipal são informadas de possíveis vítimas de ocorrência de inundação e escorregamento na Rua Pedro Antônio de Muniz, e se deslocam para o local;

- Corpo de Bombeiros é acionado por moradores (193);

- Socorro das vítimas por inundação às margens do Rio Ribeira do Iguape e deslizamento de terra sobre casa construída em área de risco;

- Identificação de outros pontos de movimentação de solo por equipes municipais e acionamento da Defesa Civil Estadual para vistoria;

- Vistoria conjunta realizada pela CEPDEC, IG, IPT e COMPDEC;

- Moradores das adjacências deslocam-se para o abrigo;

- Encerramento às 12h.