EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

9 de Dezembro de 2019

Tarifa de ônibus ficará 31,6% mais cara em São Vicente

A partir do dia 28, passageiros terão de pagar R$ 3,95; hoje, as lotações cobram R$ 3,00

A partir do dia 28, moradores de São Vicente contarão com um novo sistema de transporte público nas ruas para atendê-los. Mas, para utilizar os ônibus da Otrantur, concessionária responsável pelo serviço, eles terão de desembolsar R$ 3,95. Hoje, o custo da passagem nas lotações é de R$ 3,00. A alta será de 31,6%. 

O novo valor está previsto em contrato. Para gastar menos, o munícipe poderá optar pelo cartão-transporte SV Card. Nesse caso, a tarifa terá um desconto e o usuário pagará R$ 3,50. 

“Não há impedimento legal para que haja a diferenciação entre valor em dinheiro e com o uso de cartão. Ocorre em várias cidades”, explica o advogado especializado em Direito do Consumidor Victor Cerri. 

Segundo ele, o que existe, nessa situação, é uma questão de segurança. “Porque há um risco maior para a empresa, que passa a transportar não só passageiro, mas também valores”.  

Para fazer o cartão, basta ir à loja da concessionária, que fica na Av. Frei Gaspar, 1.139, Centro. Após o dia 28, o cadastro também pode ser feito no Terminal Municipal (Av. Cap. Luís Antônio Pimenta, 130, Parque Bitaru). Porém, a retirada só ocorrerá na loja.  

Consultada, a Prefeitura informou que a Otrantur venceu a licitação oferecendo o menor preço para a população. Alegou ainda que, com o desconto, a passagem terá “o menor valor da Baixada Santista”. 

Vale-transporte 

Quem possui o cartão da Cooperlotação poderá realizar a troca de créditos a partir de 9 de dezembro na loja da concessionária. Basta apresentar RG e o CPF.  

Os créditos remanescentes poderão ser transferidos para o SV Card até 9 de janeiro de 2020 e terão validade de 30 dias para utilização, avisa a empresa. Os usuários entre 60 e 65 anos e pessoas com deficiência que fizeram o cadastro já podem retirar os cartões. 

Tudo sobre: