EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

17 de Junho de 2019

Publicação mostra descarte irregular de lixo quatro horas após limpeza, em São Vicente

Companhia de Desenvolvimento (Codesavi) expõe pontos crônicos e pede que munícipes colaborem para reverter a situação

Quatro horas. Esse foi o período que a calçada que fica na esquina das ruas Gabriel Passos e Carijós, no Jóquei Clube, em São Vicente, permaneceu limpa, na última sexta-feira (15). A situação foi exposta pela Companhia de Desenvolvimento (Codesavi), em uma publicação neste sábado (16), nas redes sociais da empresa.

A primeira imagem, em uma foto tirada por volta das 11h30, mostra o grande volume de entulho acumulado no local, próximo a um muro com os dizeres "proibido jogar lixo". Já a segunda foto, tirada às 15h30, mostra o mesmo local em melhores condições, porém já com um entulho despejado no canto direito. 

Primeira imagem mostra o lixo e entulho espalhado pela calçada, no Jóquei Clube (Foto: Divulgação/Codesavi)

De acordo com a assessoria de imprensa da Codesavi, o flagrante foi realizado por equipes da companhia. Na postagem, a empresa ainda pede que a população auxilie no combate aos pontos crônicos de descarte irregular de lixo, e destaca que denúncias podem ser feitas, via WhatsApp, pelo telefone (13) 98801-3553.

Alguns munícipes aproveitaram para comentar a situação. "Depois o povo reclama que enche a rua. Fica jogando lixo onde não deve. Tem dia certo para o cata treco", escreveu um homem.

"Acontece mesmo aqui no meu bairro... Eles limpam de manhã e à tarde já tem entulho. Dá uma raiva danada. Esse povo é muito porco. E isso só vai parar de acontecer quando começar a doer no bolso desses porquinhos", publicou uma internauta.

Quatro horas depois, após limpeza e capinação do mato, local já registrava descarte irregular (Foto: Divulgação/Codesavi)

Cata-treco supera 4 mil atendimentos

O Cata Treco, serviço responsável por recolher móveis velhos, eletrodomésticos que não são mais usados e restos da Construção Civil (RCC), já superou a marca de 4 mil chamados atendidos este ano, apontou a Codesavi. Segundo dados da Diretoria de Limpeza Urbana da companhia, em janeiro foram realizados 1.603 atendimentos e, em fevereiro, 2.114 chamados atendidos. Nos 10 primeiros dias de março as equipes atenderam mais de 300 pedidos.

De acordo com a empresa, a pedido do prefeito Pedro Gouvêa (MDB), foi montado um esquema de horário estendido de recolhimento do Cata Treco após o período de enchentes, em fevereiro. Segundo a Codesavi, a iniciativa se deu porque muitos moradores acabaram perdendo móveis e eletrodomésticos com as fortes chuvas que atingiram São Vicente e outras cidades da Baixada Santista.

O Cata Treco é gratuito e atende por agendamento, que pode ser feito de segunda a sexta-feira. Os moradores da Área Insular devem solicitar as retiradas pelos telefones (13) 3464-7158 e (13) 3462-9740, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Na Área Continental, o número é o (13) 3566-6546, que funciona das 7h às 11h e das 13h às 17h. O prazo de recolhimento é de três a cinco dias úteis.

Entre os objetos que podem ser descartados no Cata Treco estão sofás, cadeiras, mesas, camas, estantes, além de eletrodomésticos sem uso. Nos casos de reforma, são aceitos até 5 sacos de entulho (um metro cúbico) – acima deste volume, a recomendação é a contratação de empresa especializada em recolher este tipo de material.