Novo laudo aponta risco de colapso estrutural da Ponte dos Barreiros, em São Vicente

Vistoria na parte estrutural da ponte foi feita no mês de outubro, mas o resultado foi somente divulgado nesta quarta-feira

Um novo laudo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) apontou sérios problemas na Ponte A Tribuna, a Ponte dos Barreiros, em São Vicente. Segundo o documento divulgado, há risco de colapso na estrutura.

A vistoria na parte estrutural da ponte foi feita no mês de outubro, mas o resultado foi somente divulgado nesta quarta-feira (27), após o documento ser anexado ao processo dos problemas estruturais da ponte.

A avaliação classifica a situação da condição estrutural crítica, em uma nota de 1 a 5, sendo 5 a mais alta. O laudo aponta para um possível colapso estrutural da ponte, e que deverá ser necessária a interdição ao tráfego de veículos, parcial ou até total.

O laudo do IPT aponta, também, para um elevado grau de risco de colapso parcial ou até total da estrutura se o peso em cima da ponte for considerado excessivo em um teste de carga.

O instituto já havia comunicado a prefeitura, neste mês, de que não se responsabilizaria por um novo teste de carga, uma vez que a prioridade era concluir a vistoria detalhada para verificar a parte submersa das estacas e recuperar as estacas em situações mais críticas de maneira emergencial.

Nesta segunda (25) e terça-feira (26), técnicos da empresa de engenharia FSA demarcaram o local com técnicas de topografia, sem necessidade de interdição da Ponte dos Barreiros. Inspeções com o uso de barco também começaram a ser efetuadas nesta semana. Este procedimento vai até esta quinta-feira (28). Até sábado (30), será feito estudo fotográfico e os técnicos executarão ensaios tecnológicos.

Ainda neste sábado, a Ponte dos Barreiros passará por uma prova de carga e novo laudo técnico será feito pela FSA Engenharia e Construções, empresa contratada pela Prefeitura de São Vicente. O documento com os resultados deve ficar pronto na segunda-feira (2), informou a administração.

A avaliação será feita com cargas de 24 toneladas, por meio de cinco caminhões, em repouso e em movimento. Por conta da atividade, a Ponte dos Barreiros ficará interditada das 7h às 16h.

Em entrevista para a TV Tribuna, o secretário de Obras Particulares de São Vicente, Elizeu Cação, informou que "o teste de cargas será feito de forma gradual, para monitorar a estrutura da ponte por meio de aparelhos específicos, para saber as informações que estão sendo submetidas. Se o teste for feito dentro da capacidade estabelecida, não haverá risco algum. É um peso controlado, e a estrutura da ponte está dimensionada para este tipo de capacidade".

Laudos apontam problemas estruturais nas estacas da Ponte dos Barreiros (Foto: Carlos Nogueira/AT)
Tudo sobre: