EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

15 de Agosto de 2020

'Me ajuda aí', diz prefeito de São Vicente após banhistas serem flagrados na praia

Pedro Gouvêa fez apelo para que população respeite a proibição a faixa de areia e o isolamento social. Chefe do Executivo se posicionou contrário a feriado prolongado sugerido por Doria

O prefeito de São Vicente, Pedro Gouvêa (MDB), comentou a atitude de dezenas de pessoas, que ignoraram a proibição do acesso a faixa de areia e se aglomeraram na praia do Itararé, no último domingo (17). "Me ajuda aí", disse o chefe do Executivo vicentino, durante uma live nas redes sociais, nesta segunda-feira (18).

Gouvêa pediu para que os munícipes que estivessem o assistindo informassem às pessoas para não saírem de casa à toa. E, se caso fosse necessário sair, que utilizem máscara e respeitem os protocolos de saúde.

"Eu autorizei, através de um decreto, que as pessoas utilizem o calçadão para se exercitar. Para as pessoas não ficarem paradas, proseando, batendo papo, fazendo aquela resenha, que é super gostosa, mas não é o momento", explicou o prefeito.

Moradores ignoraram o decreto municipal e utilizaram a faixa de areia da praia do Itararé (Matheus Tagé/AT)

Ele ainda comentou que as pessoas podem fazer o exercício individualmente, ou até com a companhia de alguém, mas sem ficarem parados no local. "Será que é difícil as pessoas endentederem isso?", questionou o chefe do Executivo.

"Faixa de areaia não é para a gente ficar. É para exercitar no calçadão. Vamos tomar essa consciência. Não é um momento fácil, não é um momento que a gente tá de brincadeira. Vamos lá, nos organizar, para que todo mundo consiga superar esse momento da pandemia com saúde", completou o prefeito.

Megaferiado?

Pedro Gouvêa também se colocou contrário a ideia do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), de implementar um feriado prolongado, batizado de "megaferiado", ao adiantar datas estaduais e municipais.

Na Capital, o feriado começará na quarta-feira (20) e seguirá até segunda-feira (25). O prefeito Bruno Covas (PSDB) adiantou os feriados de Corpus Christi e Dia da Consciência Negra para quarta e quinta-feira (21), respectivamente. Já Doria, irá apresentar uma proposta para adiantar o feriado estadual da Revolução Constitucionalista para segunda.

"Não sei se a gente vai dar esse feriadão. Amanhã (terça-feira, 19), 10 horas, vamos conversar com outros prefeitos da região. Tenho muito medo em relação ao feriadão. Vai descer todo mundo. Gente do interior, da capital, gente do ABC, para a Baixada Santista. Vai tumultuar a região. O governador está fazendo isso para melhorar o isolamento, mas vai melhorar na Capital. Aqui vai criar um grande problema para a gente. Estou muito disposto a não dar o feriadão prolongado", avaliou Gouvêa.

"Vamos conversar e ver o que vai acontecer. Se o governador fizesse a parte dele, fizesse um bloqueio no pedágio, tenho certeza daria certo. Mas do jeito que ele quer fazer, ele vai tirar um problema na Capital e trazer aqui pra gente", finalizou.

Tudo sobre: