Máscara facial passa a ser obrigatória no transporte municipal de São Vicente

Exigência começa a valer a partir de 10 de maio; acesso às lojas de recarga do SV Card também dependerá do uso da proteção

Os usuários do transporte municipal de São Vicente têm até o dia 10 de maio para se adaptarem ao decreto da cidade que torna o uso de máscaras de proteção obrigatório. A Otrantur Transportes e Turismo, concessionária do serviço no município, informa que após essa data não será permitido o ingresso de passageiros sem a proteção individual. 

Também passa a ser vedada a entrada de pessoas sem o equipamento de proteção nos pontos de recarga do SV Card (eles ficam na Rua Frei Gaspar, 1139, no Centro, e na cabeceira da Ponte dos Barreiros). Os horários de atendimento de ambos os locais são das 9h às 17h.  

“Estamos seguindo à risca todas as recomendações do Ministério da Saúde, reforçando medidas e cuidados de higiene pessoal aos nossos colaboradores para o bem estar e minimizar a chance de qualquer contaminação”, informa a empresa, por nota. 

Desde segunda-feira (4), apenas passageiros utilizando máscaras de proteção individual podem ingressar nos coletivos intermunicipais, operados pela concessionaria BR Mobilidade. A regra também é válida para os usuários do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). 

O uso obrigatório de máscaras na região foi decidido pelos prefeitos em reunião virtual do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb), no último dia 22. Desde então, os municípios publicaram decretos locais com as regras vigentes em cada uma das cidades.  

Tudo sobre: