EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

25 de Junho de 2019

Gato se esconde em carro e aparece no velório de dona morta em acidente de ônibus

Animal aproveitou que porta da casa estava aberta e correu para o veículo; pet foi flagrado acompanhando despedida de Luzia Aparecida Alencar dos Santos e da filha Júlia

Um gato encontrado durante o velório Luzia Aparecida Alencar dos Santos, de 32 anos, e da filha dela, Júlia dos Santos, de três anos, despertou a curiosidade de quem estava no local, em São Vicente. As duas faleceram no acidente com um ônibus de turismo que retornava para a Baixada Santista após um passeio em Campos do Jordão, no interior de São Paulo. 

De acordo com parentes de Luzia e Júlia, o felino era o animal de estimação da menina, e teria aproveitado a porta de casa aberta para se esconder no carro em que a família utilizou para chegar à cerimônia. O pet atende pelo nome de Ópera e foi batizado pela própria criança. 

LEIA MAIS
>>> Vítimas de acidente de ônibus serão enterradas nesta terça em São Vicente e Cubatão
>>> Artesp diz que ônibus de acidente estava regularizado
>>> Dez pessoas morrem em capotamento de ônibus de Praia Grande no interior de SP

Os corpos de mãe e filha  - vítimas do acidente, que matou 10 pessoas e deixou 51 feridos na serra de Pindamonhangaba - são velados na Osan. Testemunhas relataram que, durante toda a manhã,  o animal permaneceu em volta dos caixões e, em alguns momentos, ficou sentado em uma cadeira.

Ambas deverão ser sepultadas juntas a partir das 16h de terça-feira no Cemitério Municipal da cidade.

Familiares das vítimas durante velório, realizado na Osan, em São Vicente (Foto: Carlos Nogueira/AT)