Funcionário que atropelou cachorro com um caminhão de lixo será demitido em São Vicente

O motivo da demissão, segundo a Terracom, foi ato inseguro na condução do veículo

A Terracom, empresa que realiza a coleta de lixo em São Vicente, decidiu que demitirá o motorista do caminhão que passou por cima de um cachorro, na última terça-feira (29), na Avenida Saturnino de Brito, no bairro Parque Prainha.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

O momento do atropelamento foi captado por uma câmera de segurança de uma residência. O acidente aconteceu enquanto uma equipe da empresa realizava a coleta de lixo diária. Ao passar pela rua, o motorista não enxergou o animal e acabou o atropelando.

Depois do acidente, a equipe voltou para o local, pegou o animal em uma caixa e o jogou na caçamba do caminhão. 

>>Caminhão de coleta de lixo passa por cima de cachorro em São Vicente; VÍDEO

Em nota, a Terracom informa que lamenta profundamente o fato ocorrido e que se solidariza com os proprietários do animal de estimação. Assim que tomou conhecimento sobre o fato e teve acesso a gravação do momento do acidente, a empresa chamou o funcionário para prestar esclarecimentos.  

Mesmo havendo dúvidas sobre a responsabilidade pelo acidente, na tarde de quarta-feira, dia 30, a Terracom afastou o funcionário por 3 dias, até o término de inquérito administrativo, e quando retornar as atividades, na próxima segunda-feira (4), o mesmo será demitido por ato inseguro na condução do veículo. 

Os demais coletores da equipe também sofreram penalidade administrativa por não terem cumprido regulamento interno da empresa, que estabelece que todo acidente/incidente de percurso deve ser, imediatamente, comunicado ao encarregado do setor. 

Para evitar tais incidentes, a empresa informa, ainda, que investe permanentemente na qualificação profissional dos seus motoristas, já que a atividade oferece um certo grau de risco eminente de acidente. Todos os motoristas passam por cursos de formação, entre eles, o de Direção Defensiva, que visa, entre outros ensinamentos, que o condutor tenha sempre o máximo de atenção no volante. 

Por fim, a Terracom enfatiza que não compactua com práticas de maus tratos contra animais e ,mais uma vez, lamenta a fatalidade. 

Tudo sobre: