EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

22 de Abril de 2019

Exposição em São Vicente conta a história do primeiro forte do Brasil

Mostra 'A Casa de Pedra como uma Torre' fica exposta no Paço Municipal até 18 de abril

São Vicente inaugurou a exposição “A Casa de Pedra como uma Torre”, que está aberta à visitação no Paço Municipal até 18 de abril. A mostra, que resgata por meio da arte e de artefatos parte da história datada 30 anos antes da Fundação da Vila de São Vicente, ocorre de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Quadros, fotografias, textos e vestígios arqueológicos (entre restos de telhas, pratos, uma pequena arma e até mesmo ossada e dentes humanos) são algumas das peças da exposição. Com curadoria do historiador Marcos Braga, o acervo conta um importante momento da história da primeira fortaleza do Brasil.

História

A Casa de Pedra foi construída por degradados a mando do Bacharel de Cananeia, e possui origem aproximada do ano de 1502. Com datação anterior à casa de Martim Afonso de Sousa, a construção é considerada o primeiro forte do Brasil, com direito a defesa militar, canhão, falconetes e exército indígena. A Vila de São Vicente desenvolveu-se ao redor da Casa de Pedra, que chegou a hospedar Martim Afonso em 1532.

Com a destruição da Vila, por conta de um maremoto em meados de 1540, muito do que foi construído por índios, mamelucos e europeus foi varrido pelo mar. A população de cerca de 150 habitantes teve parte de sua história conservada pela Casa de Pedra, que não foi tão afetada por estar mais reclusa e localizada em um ponto mais alto.

A ação da prefeitura, em conjunto com a Secretária de Cultura (Secult), visa solidificar e informar sobre a importância do cultivo histórico para a construção de uma sociedade mais consciente sobre seu passado.

O Paço Municipal fica na Rua Frei Gaspar, 384, no Centro.