Desfile ecológico de cosplayers fecha programação de férias no Parque Ecológico em São Vicente

Quem gosta de se caracterizar do personagem favorito poderá participar, às 16h, neste domingo (28). Outras atividades também acontecerão das 12 às 17h, no local, na Vila Voturuá. Entrada custa R$ 2,00.

A iniciativa Férias no Parque que começou no dia 2 de julho acaba neste domingo (28) em São Vicente. Para quem quiser a o aproveitar o encerramento das atividades no local pode comparecer das 12 às 17h, no Parque Ecológico Engenheiro Tércio Garcia (Rua Anita Costa, s/nº - Vila Voturuá).  A entrada custa R$ 2,00, exceto para crianças com até 5 anos e pessoas acima de 60 anos que não pagam o ingresso. Na ocasião, a primeira edição do Desfile Ecológico de Cosplayers será realizada no município, as 16h.  Quem gosta de se caracterizar do personagem favorito pode participar. 

O desfile contará com aproximadamente 50 cosplayers, que serão julgados pela roupa, caracterização do personagem, fidelidade e apresentação. Os três mais votados receberão premiação. No dia, também haverá oficinas sobre o Meio Ambiente, realizada das 14 às 16h30.

Desde o início do mês há uma programação extensa realizada pelas Secretarias de Turismo (Setur), Meio Ambiente e Defesa Animal (Semam) e de Cultura (Secult). Entre as atividades estão o plantio de sementes, cujo objetivo é mostrar de forma lúdica que há vida dentro da semente e que ela deve ser respeitada.          
          
Férias no Parque 

Instalado em uma área verde de 825 mil metros quadrados, o Parque Ecológico abriga, desde o dia 2 de julho, o Férias no Parque. O evento é realizado pela Secretaria de Turismo (Setur), com apoio da Secretarias do Meio Ambiente e Defesa Animal (Semam) e da Cultura (Secult).  

A programação do Férias no Parque conta também com o apoio do Colégio Integração, em parceria com a Semam, que promove oficinas de artes, de slime, ateliê de pintura, jogos recreativos e brincadeiras, contação de história, pintura facial e officina maker.
           
A Semam realiza plantio de sementes e caminhada ecológica, com objetivo de educar os participantes quanto à preservação do meio ambiente e conhecer suas espécies.
                                              
Outras atividades

           
Um atrativo à parte no parque é a alimentação dos animais, que pode ser acompanhada pelo público. De terça a sexta-feira, os jabutis recebem alimentação às 10h30; o hipopótamo às 11h e a segunda refeição às 15h; as aves ao meio dia; o carcará às 13h; os macacos às 14h30; e os leões às 16h.
           
Sábados, domingos e feriados os jabutis se alimentam às 10h30; o hipopótamo às 11 horas e às 15h; os macacos às 14h; e os leões às 16h.
           
Casa da Cultura Afro-Brasileira

O primeiro Museu do Escravo do Litoral Paulista abriga o acervo permanente de seu idealizador, o falecido artesão Geraldo Albertini. Lá, obras do artista e de seus discípulos, Irineu Beck e Ademir dos Santos, recontam a história dos povos escravizados no Brasil, desde o início da colonização até a Lei Áurea.
           
Criada em 13 de maio de 1976, a casa fica no Parque Ecológico Voturuá e remete à arquitetura dos lares mineiros do Brasil Colônia, com paredes forjadas à taipa e imagens em relevo da história do negro no País, todas pelas mãos de Albertini. As visitas podem ser feitas de terça-feira a domingo, das 10 às 17h.

Tudo sobre: