EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

23 de Março de 2019

Cata Treco de São Vicente ultrapassa 4 mil atendimentos em 2019

Após chuvas de fevereiro, números de chamados aumentaram na cidade

Prestado pela Codesavi em São Vicente, o Cata Treco atendeu mais de 4 mil chamados em apenas três meses. O serviço recolhe materiais como móveis velhos, eletrodomésticos que não são mais utilizados e restos da Construção Civil (RCC).

Segundo a Diretoria de Limpeza Urbana da Codesavi, em janeiro foram realizados 1.603 atendimentos e, em fevereiro, 2.114 chamados. A marca foi atingida nos dez primeiros dias de março, onde mais de 300 pedidos foram atendidos.

Após o período de enchentes registrado em fevereiro, foi aplicado um horário estendido para o atendimento na cidade. Muitos moradores perderam móveis e eletrodomésticos com as fortes chuvas que atingiram as cidades da Baixada Santista, aumentando as demandas de retiradas.

O Cata Treco funciona por meio do agendamento, que pode ser feito de segunda a sexta-feira. Munícipes da Área Insular da Cidade podem solicitar o atendimento por meio dos telefones 3464-7158 e 3462-9740, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Já os moradores da Área Continental devem agendar pelo número 3566-6546, que atende das 7h às 11h e das 13h às 17h. O prazo para retirada é de três a cinco dias úteis.

O morador deve fixar no material que vai ser retirado o número de protocolo informado pelas equipes. O procedimento mostra que o matéria ou móvel não é um descarte irregular, podendo acarretar em uma multa de até R$ 2 mil.

Entre os materiais que podem ser retirados pelas equipes estão sofás, cadeiras, mesas, camas, estantes, além de eletrodomésticos sem uso. Restos de Construção Civil (RCC) não podem ultrapassar cinco sacos de entulho (um metro cúbico). Caso o material ultrapasse o estabelecido deverá ser contratada empresa para a retirada do material.