EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

10 de Julho de 2020

Câmara de São Vicente deve contratar 20 menores aprendizes

Credenciamento de entidades interessadas em participar de programa será feito em novembro

A Câmara de São Vicente planeja realizar a contratação 20 menores aprendizes, por meio do Programa Jovem Aprendiz. O edital sobre o projeto foi publicado pelo Legislativo no último dia 16. O credenciamento das instituições será no dia 19 de novembro, às 15h.

Em nota, a Casa afirmou que pretende, com isso, "gerar oportunidades aos adolescentes, justamente no momento em que as organizações de aprendizagem se unem contra o Projeto de Lei Nº 5228/19, do senador Irajá Silvestre Filho (PSD/TO), que propõe a criação de uma Nova Lei do Primeiro Emprego".

Na avaliação das entidades, a aprovação da lei tornaria inviável a contratação de menores aprendizes. Dezenas de adolescentes ligados ao CAMP Rio Branco e ao CAMPSV compareceram à sessão da Câmara de São Vicente, na última quinta-feira (25), para solicitar o apoio dos vereadores contra o projeto.

Os menores estão coletando assinaturas para um abaixo-assinado. Os parlamentares demonstraram apoio à mobilização. Além disso, Alexandre Rodrigues (PSB) apresentou uma moção de repúdio ao PL, que deverá ser pautado para votação na próxima sessão ordinária.

O presidente do Legislativo vicentino, Wilson Cardoso (PSB) parabenizou os adolescentes pela mobilização e reiterou que a Mesa Diretora está empenhada em dar sequência à contratação de 20 jovens ligados a entidades do município. Outros vereadores também discursaram em defesa dos menores, sempre citando que programas de aprendizagem são fundamentais para dar oportunidades e evitar que adolescentes estejam suscetíveis à criminalidade.

Tudo sobre: