EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

19 de Outubro de 2019

Audiência pública discute situação da Ponte dos Barreiros em São Vicente

'Briga' entre governo estadual e prefeitura sobre responsabilidade para uma possível reforma ficou em segundo plano no encontro

A Comissão Especial de Vereadores (CEV) de São Vicente realizou uma segunda audiência pública a respeito da situação da Ponte A Tribuna, a Ponte dos Barreiros. Com a presença da população, os parlamentares ouviram críticas e questionamentos de munícipes em um encontro onde a pauta da 'briga' entre governo estadual e prefeitura, sobre a responsabilidade para uma possível reforma do local, ficou em segundo plano.

Presidente da CEV, o vereador Higor Ferreira (PSDB) abriu a audiência permitindo que a população que compareceu à Associação de Melhoramentos do Humaitá pudesse se manifestar. Entre as reivindicações, munícipes fizeram questionamentos e fizeram cobranças incisivas.

Conforme explicado à população, o objetivo da audiência é fazer com que o poder público vá até as pessoas para tirar dúvidas dos munícipes, que acabam sendo os mais prejudicados. Os vereadores afirmaram que esperam pelo projeto executivo da ponte, feito pelo governo estadual.

Segundo o presidente da CEV, o projeto excutivo deve ser concretizado pela EMTU até de novembro, para auxiliar novas ações junto à prefeitura de São Vicente.

Além de Ferreira, compareceram os vereadores Jabá (PSDB), André Carioca (PROS), Gil do Conselho (PSDB) e Castelinho (PSB). Por parte da prefeitura, estiveram Perivaldo do Gás, sub-prefeito da Área Continental, Alexandre de Almeida Costa, secretário de transportes e trânsito, e Elizeu Cação, secretário de obras particulares.

Prefeitura x Estado

Com maior espaço para a manifestação da população, a 'briga' entre governo estadual e a Prefeitura de São Vicente ficou em segundo plano durante a audiência, cenário diferente ao primeiro encontro, realizado no mês de agosto, no Rio Branco.

Na ocasião, representantes da prefeitura afirmaram que a responsabilidade para uma possível reforma é do governo do estado de São Paulo. No entanto, o estado informou que a administração e recuperação da Ponte dos Barreiros é do município, ressaltando que o governo estadual é responsável apenas pela parte férrea paralela à ponte para uma possível implantação do terceiro trecho do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

Audiência aconteceu na Associação de Melhoramentos do Humaitá (Foto: Victor Miranda/Câmara Municipal de São Vicente)
Tudo sobre: