EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

5 de Dezembro de 2019

Família arrecada 1 milhão de tampinhas para conseguir cadeira de rodas: 'Muito amor'

Campanha teve início nas redes sociais e conta com postos de arrecadação em toda a região da Baixada Santista

Coloridas e de tamanhos variados, tampinhas plásticas vão transformar um sonho em realidade em Santos. Uma campanha nas redes sociais mobiliza moradores da região para arrecadar 1 milhão de unidades em prol do menino Miguel Romay Canoilas, de 6 anos - diagnosticado com uma má formação genética -, para que consiga uma nova cadeira de rodas. “Estamos recebendo muito amor e solidariedade”, diz a mãe Daniela Romay.

De acordo com Daniela, a campanha foi criada com o objetivo de conseguir um novo equipamento para o filho, que está usando a mesma cadeira desde quando tinha 2 anos. “Uma prima minha teve a ideia e antes mesmo de me avisar a campanha já estava lançada nas redes sociais”, relembra.

Os resultados começaram a aparecer antes mesmo da publicação completar uma semana. Pessoas, entidades e demais projetos entraram em contato com a família para enviar as arrecadações. Segundo a mãe, uma moradora de São Paulo será a responsável por doar 1 tonelada de tampinhas. "Ficamos surpresos demais e até a prima ficou em choque com a repercussão. Tá difícil ter noção (da quantidade de tampinhas)", comenta.

As caixas e sacolas já estão se acumulando na casa da família e, com isso, a expectativa de Miguel cresce ainda mais. "Ele está maravilhado. Disse que logo terá a cadeira e até já escolheu a cor. Quer uma laranja", conta Daniela.

Diagnóstico

Miguel nasceu com uma má formação genética chamada de hidrocefalia e mielomeningocele, também conhecida como espinha bífida aberta. A doença consiste em uma má formação congênita na coluna vertebral, quando as meninges, medula e raízes nervosas nascem expostas. A descoberta da doença aconteceu somente na 30ª semana de gestação, durante um ultrassom em 4D.

"Quando soubemos, entramos em luto, pois toda família quando está à espera de uma criança, idealiza muito. Procuramos vários médicos, que nos davam as piores notícias. Diziam que se ‘caso ele sobrevivesse’ seria cego, surdo e se alimentaria por sonda", explica a mãe.

Com apenas duas horas de vida, Miguel foi submetido a uma cirurgia para corrigir a má formação espinhal. Após completar uma semana, passou por cirurgia para colocação de uma válvula de derivação para regulação do líquido.

Com o auxílio da fisioterapia e terapia ocupacional Miguel teve evoluções. Aos dois anos de idade ganhou a primeira cadeira, consistida em um banquinho adaptado, doado por uma menina de Santa Catarina.

"Aos 2 anos e 8 meses ele ganhou a cadeira que usa até hoje. Quando ele se sentou pela primeira vez simplesmente 'saiu andando'. Como se estivesse recebendo a parte que lhe faltava", recorda. Há três anos Miguel corre pela equipe da Fast Wheels Kids.

Tampas plásticas de tamanhos variados podem ser doadas na campanha (Foto: Arquivo Pessoal/ Daniela Romay)

Doações

Qualquer tipo de tampinha pode ser doada, contanto que seja feita de plástico rígido. As doações podem ser feitas nos pontos de arrecadações ou a entrega pode ser combinada com a família de Miguel através do telefone (13) 98115-2844. Mais informações pela página no Facebook.

Tudo sobre: