EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

13 de Dezembro de 2018

Ciclistas seguem internados em Cubatão após se acidentarem em passeio ciclístico na Anchieta

Os dois, um com 69 e outro com 60 anos, participaram do Pedal Anchieta, neste domingo (2)

Dois ciclistas estão internados no Hospital de Cubatão, após se acidentarem durante o Pedal Anchieta, ocorrido neste domingo (2). Um deles segue na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade, que não deu detalhes sobre previsão de alta.

Os ciclistas faziam parte do público de 40 mil, segundo estimativa da Polícia Militar Rodoviária, que partiu de São Bernardo do Campo em direção ao Centro Histórico de Santos. Eles percorreram 55 quilômetros da rodovia, interditada somente para o passeio ciclístico.

No total, foram 19 acidentes com duas vítimas graves, duas moderadas e outras 15 leves. Um senhor de 69 anos segue internado no Hospital de Cubatão, assim como outro, de 60 anos, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Segundo apurado por A Tribuna On-line, ele sofreu traumatismo craniano. No entanto, o hospital afirmou que só familiares têm acesso ao estado de saúde dos pacientes. Outros dois ciclistas com ferimentos leves também foram atendidos no Pronto Socorro Municipal, e liberados.

Pelo menos 19 acidentes ocorreram ao longo de todo o percurso da prova (Foto: Carlos Nogueira/AT)

'Invasão' de ciclistas

O passeio ciclístico, considerado um dos maiores do País, exigiu um grande aparato de apoio médico e de segurança em toda a extensão do evento. A largada foi em blocos, iniciando-se às 6h e terminando às 8h30, em um posto instalado no Km 12,6 da Rodovia Anchieta, terminando no Centro Histórico.

A Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), bloqueou a via em direção ao litoral. Na região, deslocou o trânsito para as pistas marginais da via, o que causou lentidão e transtornos, também, para candidatos que prestariam concurso público em Santos. Comércios e principalmente a rodoviária da Cidade ficaram superlotados.

Cerca de 120 homens da Polícia Rodoviária ficaram espalhados ao longo do trajeto, trabalhando em conjunto com o Batalhão de Choque da Polícia Militar e de homens da Capital, região do ABC, da Baixada Santista e da Polícia Ambiental.

O evento foi promovido pelo Instituto Ciclo Br, com o apoio do Governo do Estado. Segundo um dos organizadores do evento, Aparecido Inácio Ferrari de Medeiros, esperavam-se cerca de 15 mil pessoas no passeio, que ocorreu após 10 anos de tentativas. O número inflado, porém, ocorreu por conta da descida de ciclistas que não haviam se registrado no site do evento.

Ciclistas estão internados no Hospital de Cubatão (Foto: Divulgação/Prefeitura de Cubatão)