EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

22 de Fevereiro de 2019

Câmara de Santos envia R$ 2,5 milhões a Capep Saúde

Segundo o presidente do Legislativo, repasse auxiliará órgão, que atravessa crise

A Câmara Municipal de Santos enviou, nesta sexta-feira (7), R$ 2,5 milhões a Caixa de Assistência ao Servidor Público Municipal de Santos (Capep Saúde). Segundo o presidente do Legislativo, Adílson Júnior (PTB), o valor atribuído é fruto das ações de contenção de despesas que foram colocadas em práticas pelos membros da Casa.

O vereador entregou um cheque ao presidente do órgão, Adriano Luiz Leocádio, em um encontro que contou com as presenças do secretário municipal de Finanças, Maurício Luis Franco, e os demais legisladores, durante uma sessão extraordinária, pela manhã.

O presidente da Câmara destacou que o repasse destinado é em respeito ao serviço encaminhado ao funcionalismo público e em consideração a crise enfrentada pelo órgão. "O recurso vai auxiliar no orçamento da Capep e colaborar para o atendimento de milhares de servidores usuários do convênio que aguardam por cirurgias eletivas", ressaltou Adílson Júnior.

Crise

O economista Adriano Luiz Leocádio assumiu a presidência da Capep Saúde em 13 de novembro. Servidor público concursado, ele está na Prefeitura desde 2008 e, antes da nomeação, exercia o cargo de assessor econômico da Secretaria de Finanças.

Segundo Leocádio, os principais desafios são "fazer um choque na gestão" para que possa propor um novo modelo de atendimento para os mutuários da autarquia e preservar o atendimento a saúde.

A dívida da Capep com fornecedores está em torno de R$ 17 milhões. Já os débitos da Prefeitura de Santos com a autarquia é de R$ 5 milhões, o que gera ainda uma difrença de R$ 12 milhões.