Programa de desenvolvimento esportivo em Praia Grande ajuda mais de 5 mil crianças e revela talentos

Campeão olímpico de vôlei, Rodrigão hoje comanda secretaria de esportes da cidade litorânea e projeta expansão do “Programa Super Escola”.

Praia Grande segue com investimentos destinados aos esportes, conta com mais de 5 mil crianças inscritas em um programa de desenvolvimento e revela talentos para o cenário nacional e internacional. A equipe de A Tribuna esteve em um dos “aparelhos esportivos” da cidade, a pista de atletismo que é referência no Brasil, e conversou com o secretário de esportes, Rodrigo Santana, o Rodrigão, campeão olímpico de vôlei nos Jogos de 2004, o treinador desportivo Rodrigo Augusto e com o atleta Luis Gustavo Aguiar, que hoje é heptacampeão brasileiro de arremesso de martelo e foi um dos maiores talentos revelados pelo “Programa Super Escola”. Confira a videorreportagem acima.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

De acordo com Rodrigão, a estrutura esportiva montada na cidade é um orgulho e auxilia seu trabalho como secretário. “É muito bacana participar de uma administração onde existe uma estrutura como a nossa. Essa pista é a única da região e uma das melhores do Brasil. Então, quando você tem um investimento numa estrutura como a de Praia Grande, fica muito mais fácil trabalhar na pasta esportiva”, relatou.

Campeão olímpico de vôlei, Rodrigão comanda secretaria de esportes da cidade (Foto: Thiago D'Almeida/AT)

Segundo números fornecidos pela assessoria da prefeitura da cidade, mais de 5 mil crianças participam do “Programa Super Escola”. O secretário ressaltou o trabalho social que é realizado com o intuito não apenas do desenvolvimento esportivo, mas também pessoal dos jovens.

“A criação desse programa é muito importante para a vida da nossa cidade. As crianças acabam vindo para uma modalidade. Não temos apenas o atletismo, mas também vôlei, futebol, basquete, entre outras. Procuramos ensinar as modalidades para que aprendam todos os valores do esporte e, quem sabe um dia, possam se tornar campeões olímpicos”, explicou.

Segundo a prefeitura, mais de 5 mil jovens participam do "Programa Super Escola" (Foto: Thiago D'Almeida) 

Como ex-atleta, Rodrigão descreveu os percalços do início de carreira. “Sei das dificuldades e necessidades desde quando você começa a praticar um esporte até o momento em que se torna campeão olímpico”, comentou. Perguntado sobre as expectativas de continuidade do desenvolvimento durante o mandato da prefeita Raquel Quini (PSDB), o secretário mostrou confiança. “As expectativas são as melhores possíveis, como eu disse, temos uma estrutura muito boa. Agora, é mais a conservação e mudança técnica de alguns espaços. Mas são poucos que precisamos acrescentar. Claro, sempre queremos mais”.

O técnico desportivo Rodrigo Augusto, que também já foi atleta profissional na juventude, descreveu o seu ambiente de trabalho. “Todos têm espaço. Cada um na sua modalidade. O bacana disso é que essa garotada já tem uma referência quando vê esses atletas treinando. Isso os aproxima muito”.

E foi através desse programa que surgiu um dos maiores talentos da geração de esportistas brasileiros: Luis Gustavo Aguiar, que é heptacampeão brasileiro de lançamento de martelo.

“Comecei no projeto ‘Super Escola’ no ano de 2008. Fiz parte da segunda turma e tenho muito para agradecer. O projeto me deu essa iniciação e a parte de desenvolvimento. Gostaria de agradecer a prefeitura de Praia Grande pelo investimento e desenvolvimento de um projeto tão grande”, afirmou. “Desejo ainda mais conquistas e que outras crianças possam se espelhar na minha história e na de outras que também fizeram parte”.

Tudo sobre: