Praia Grande tem quase 100 bichinhos para adoção

Cães e gatos já castrados e vermifugados buscam um novo lar

Se você está em busca de um pet de estimação para alegrar sua casa, a Divisão de Saúde Ambiental e Proteção Animal de Praia Grande pode ser uma alternativa. A unidade concentra 54 gatos e 43 cães para adoção. Machos, fêmeas, todos castrados e vermifugados.  

Assine o Portal A Tribuna agora mesmo e ganhe Globoplay grátis e dezenas de descontos

Alguns filhotes que não podem ser castrados podem retornar ao local para realizar o procedimento assim que tiverem idade suficiente. “Os bichinhos precisam de um lar, amor e carinho. Aqui nós cuidamos da melhor forma possível, porém, são muitos animais e não tem como dar atenção individual que cada um merece. Além disso, nosso espaço já está lotado e precisamos de um lar fixo para eles”, explica a diretora da Divisão de Controle da População Animal, Tissiana Mascaretti Ortiz. 

Para adotar, o responsável deve ser morador de Praia Grande e maior de 18 anos (Divulgação/PMPG)

Regras para adoção 

Para adotar um bichinho, é necessário ser morador de Praia Grande, ser maior de 18 anos e portar original e uma cópia do RG e comprovante de residência atualidade. “Em posse desses documentos é só comparecer à sede da Saúde Ambiental, o horário de visitação é das 11 às 16 horas. O endereço é Rua Antônio Candido da Silva, no bairro Vila Sônia. 

O processo é feito por meio da assinatura de um Termo de Responsabilidade para Adoção de Animais. No documento, a pessoa que está requerendo a adoção, compromete-se a cuidar do animal. Para incentivar cada vez mais esse tipo de ação, Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande realiza diversas campanhas de conscientização e educação à população. Também são feitas ações conjuntas com o Ministério Público. 

Tudo sobre: