EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

20 de Novembro de 2019

Praia Grande quer mudar orla com dois museus

Prefeitura apresenta projetos de espaços culturais para o Canto do Forte e o Tupi; Cidade é o quarto destino mais procurado do País

Quarto destino mais procurado do País – atrás de São Paulo, Rio de Janeiro e Florianópolis (SC), segundo o Ministério do Turismo –, Praia Grande prepara novos atrativos para receber seus visitantes. A Administração Municipal criará dois museus na orla: o do Exército, no Canto do Forte, e o da Água, no Tupi.

Os espaços culturais serão alocados em áreas próximas aos emissários submarinos que estão em fase de ampliação. A proposta foi apresentada pelo prefeito Alberto Mourão (PSDB), durante visita ao equipamento em construção, no Tupi, na última terça-feira. 

Conforme os planos, a Sabesp, responsável pelos trabalhos de ampliação dos emissários, ficaria responsável pela criação e pela instalação dos museus. “A ideia é oferecer a munícipes e turistas novos locais que possam se transformar em ótimas opções de lazer, com ênfase nas partes cultural e educacional”, diz o chefe do Executivo. 

Nas imediações do emissário do Bairro Tupi, a proposta é erguer o Museu da Água (Foto: Divulgação/Prefeitura de Praia Grande) 

Mourão afirma ter mantido conversas com a Sabesp nos últimos meses para tirar a proposta do papel. Ele defende a melhor utilização dos espaços das estações de precondicionamento de esgoto nas áreas em frente à orla. 

"Desenvolvemos, num primeiro momento, trabalho relacionado à arte, como grafites gigantes. Entramos em nova fase e queremos inovar.” 

Nas imediações do emissário do Bairro Tupi, a proposta é erguer o Museu da Água. O projeto inclui a instalação de uma praça temática com brinquedos interativos. “Será fundamental para a discussão da importância desse recurso para a vida humana.”

O Museu do Exército será incorporado ao emissário do Canto do Forte. O espaço terá ligação com a centenária Fortaleza do Itaipu, cujas instalações estão próximas do futuro equipamento. O prefeito buscará equipamentos históricos militares em outros quartéis.

O Museu do Exército será incorporado ao emissário do Canto do Forte (Divulgação/Prefeitura de Praia Grande)

Datas e valores relacionados à instalação dos equipamentos ainda não estão definidos. Em nota, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo afirma ter iniciado os debates para a definição da curadoria e peças dos dois equipamentos culturais. Em nota, a Sabesp diz ter recebido a proposta e que estuda a “viabilidade de implantação”.

A instalação dos emissários faz parte do pacote de investimentos de R$ 450 milhões da estatal na Cidade. As ações vão se estender pelos próximos anos e visam à melhoria da balneabilidade das praias. A intenção é ter 100% de coleta e tratamento de esgoto até 2024.

Tudo sobre: