Praia Grande lança serviço telefônico para esclarecimentos e orientações em saúde

Plataforma Acolhe PG oferece suporte que vão desde informações a atendimento pré-clínico

A tecnologia passa a ser nova aliada nos setores de saúde de Praia Grande. Novo serviço telefônico é promessa para levar à população esclarecimentos e orientações dos serviços de saúde ofertados pela rede de Atenção à Saúde Municipal. A novidade está amparada no programa Acolhe PG, que é uma plataforma a fim de conectar, de forma remota, pacientes e profissionais qualificados da rede pública praia-grandense.  

A ferramenta funciona pelo telefone 162, todos os dias da semana das 8h às 20h. O número continua como o canal para quem quer se manifestar na Ouvidoria e também atende qurm precisa de orientação relacionada à Covid-19. “O cidadão, ao ligar, terá as opções e pode discar para ser atendido no serviço que necessita”, explica o secretário municipal de Saúde Pública (Sesap), Cleber Suckow Nogueira 

Ele explica que a iniciativa conta com 40 profissionais, entre coordenadores de acolhimento em saúde, médicos, enfermeiros e outros que vão se dedicar aos principais serviços do Acolhe PG. A plataforma servirá para acolher a demanda da população, direcionar a demanda para o serviço competente, comunicar os agendamentos das consultas de especialidades, fazer o monitoramento dos pacientes de grupos prioritário, entre outras funções remotas. 

Nogueira comentou que a população local terá suporte e acompanhamento que vai facilitar a informação, dar ainda mais transparência aos processos e evitar que os pacientes percam ou faltem nas consultas e exames, otimizando o serviço e evitando o desperdício do dinheiro público investido em saúde.  

O prefeito Alberto Mourão (PSDB) explica que a plataforma foi inspirada na Central Telefônica exclusiva para orientar e monitorar casos suspeitos e confirmados do novo coronavírus. “É um serviço totalmente diferenciado e Praia Grande é a única ou uma das poucas cidades do país que contam com um serviço como esse”, destaca o chefe do Executivo praia-grandense. 

Serviços 

A Central Telefônica de orientação e monitoramento da covid-19 continua atendendo normalmente dentro do Acolhe PG. O telefone 162 continua disponível e os profissionais continuam realizando o atendimento de triagem e enfrentamento ao coronavírus. O novo serviço ocorre diariamente, das 8 às 22 horas, por equipe multidisciplinar da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) da Cidade, composta por médicos, enfermeiros e outros profissionais do setor. Mais de 24 mil atendimentos foram realizados desde o início dos trabalhos. 

Por telefone, o morador pode explicar sua condição de saúde para uma identificação e classificação de risco de contágio do coronavírus. Os profissionais aplicam o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde no aplicativo Coronavírus-SUS. A pessoa identificada como suspeita é agendada já no atendimento telefônico para consulta uma unidade clínica de seu bairro.  

O monitoramento também é um trabalho especial e muito importante realizado na Central Telefônica: são monitorados todos os pacientes com sintomas de síndromes gripais e também aqueles que já são confirmados com covid-19. As ligações são realizadas a cada 24 ou 48 horas dependendo dos sintomas do paciente, durante, no mínimo,14 dias, período médio de duração da infecção. As ligações são realizadas dia sim, dia não, independentemente se é caso confirmado de covid-19 ou caso suspeito. Naqueles casos com sintomas um pouco mais fortes, as ligações são feitas a cada 24 horas.  

Os monitorados seguem recebendo ligações até que estejam totalmente curados. Após cada ligação, os profissionais alimentam um sistema informatizado com todos os dados do paciente. São colocadas as queixas, evoluções diárias, medicação administrada e orientações passadas todos os dias. Já são mais de 70 mil ligações de monitoramento realizadas. 

Tudo sobre: