EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

23 de Agosto de 2019

Pitbull pode ficar cego de um olho após ferimento com espada samurai em Praia Grande

Cachorro está com muito medo de todos e recebe tratamento de veterinários

O cão da raça pitbull Bruce recebe tratamento veterinário e corre o risco de perder a visão de um de seus olhos. O animal foi ferido com uma espada samurai por um vizinho de Daniela Soares da Rocha após se envolver em uma briga com um cachorro menor nesta segunda-feira (12). O caso ocorreu no bairro Vila Caiçara, em Praia Grande.

Segundo apurado por A Tribuna On-line, não foi aberta investigação sobre o caso, o que deixou a cabeleireira preocupada. O homem responsável pelo ataque se recusa a atendê-la. “Entrei em contato com pessoas da área jurídica e falaram que as leis para animais são falhas, provavelmente não vai dar em nada”, diz indignada.

A tutora do animal diz que vizinhos que testemunharam o ocorrido se dispuseram a prestar depoimento. Os vizinhos afirmam que o que aconteceu foi que os dois cachorros estavam soltos na rua sem coleira, após Bruce sair pelo portão sem que a família visse.

Em entrevista para A Tribuna On-line, Daniela contou que seu cachorro sempre foi muito dócil, e nunca tinha atacado ninguém.

O cachorro menor, atacado por Bruce, já se recupera das mordidas. O pitbull, no entanto, precisou ser submetido a uma cirurgia e corre risco de perder a visão de um dos olhos por conta do golpe que sofreu. “A veterinária disse que isso [perder a visão] só vamos descobrir com o tempo, está bem vermelho, perdeu a visão, mas o olho se move”. O animal está sendo medicado, mas não recebeu alta por ainda não ter se alimentado sozinho.

Daniela conta ainda que Bruce mostra sinais de trauma. “Está com muito medo, quando qualquer pessoa tenta chegar perto, ele esconde a cabeça”, diz.

Agressão

A Polícia Militar foi acionada, e o agressor teria alegado que o cão havia mordido uma senhora, que não estava mais no local, e atacado o seu pet. A cabeleireira ainda revela que o vizinho afirmou aos policiais que o cachorro não deveria ter sido deixado na rua oferecendo perigo às pessoas, e que estava sofrendo ameaças.

Por ser bem afiada, a lâmina da espada utilizada conseguiu cortar a cabeça do pitbull e quase atingiu seu cérebro. O animal recebeu uma doação de sangue e passou por cirurgia, mas segue internado. “Chorei quando a veterinária disse que o Bruce poderia morrer. Ele sempre foi muito dócil e é o melhor amigo da minha filha”, finaliza.