Após denúncias, Praia Grande chega a acordo com permissionários de quiosque

Reunião aconteceu no paço municipal da cidade nesta segunda (12), e as duas partes chegaram em acordo

A prefeitura de Praia Grande recebeu, na manhã desta segunda-feira (12), os permissionários do quiosque 04, denominado Beach Lounge. O encontro teve como principal objetivo esclarecer dúvidas quanto as permissões e obrigações para utilização econômica da unidade localizada na orla do Bairro Guilhermina.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Motivada por várias reclamações recebidas através da Ouvidoria da prefeitura, e chamados pelo telefone 153 da Guarda Civil Municipal durante o último final de semana (dias 9 e 10), o encontro abordou questões relacionadas às denúncias sobre realização de evento e fechamento da faixa de areia, bem como aglomeração de pessoas dentro do estabelecimento.

Durante a conversa, o empresário Fábio Terras compreendeu as normas apresentadas pelos técnicos da prefeitura. "Nos comprometemos a não realizar grandes eventos, sem que tenhamos todas as autorizações e normas técnicas atendidas. Queremos oferecer o melhor aos nossos clientes e à população. Nunca foi nossa intenção causar aborrecimentos. Estamos aqui para somar", disse o empresário.

A Secretaria de Urbanismo (Seurb) também notificou o empresário quanto à retirada imediata do cercado na faixa de areia - que foi atendido de imediato -, sobre a questão de não produzir som e ruídos, e também as necessidades de se cumprir os protocolos sanitários de combate à pandemia da Covid-19.

Ao final, o secretário de Urbanismo de Praia Grande, Luiz Fernando Félix de Paula, considerou que a reunião será um ponto fundamental para que as duas partes possam alinhar a legislação com o bom andamento do restaurante.

Cercado na faixa de areia teve que ser retirado (foto: divulgação/PMPG)

"Os novos quiosques são importante ferramenta de atrativo turístico, de desenvolvimento econômico e de valorização da nossa orla, contudo precisamos tornar seu funcionamento agradável a todos. Acredito que chegamos num consenso e quem ganha é Praia Grande", enfatizou o secretário.

Participaram da reunião, além do empresário, representantes dos setores de Urbanismo, Administração, Meio Ambiente, Serviços Urbanos e Comunicação Social.

Tudo sobre: