EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

18 de Setembro de 2019

Vereadores do Litoral Sul e Vale criam frente em prol do aeroporto de Itanhaém

Grupo, denominado Frente Parlamentar Litoral Vale+, é composto por 25 parlamentares das câmaras de Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, Itariri e Pedro de Toledo

Vereadores de cidades do Litoral Sul e do Vale do Ribeira se uniram em um esforço pela valorização da região. O grupo, denominado Frente Parlamentar Litoral Vale+, é composto por 25 membros oriundos das câmaras de Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, Itariri e Pedro de Toledo.

A ação foi articulada pelo atual presidente do Legislativo de Itanhaém, Hugo Di Lallo (Cidadania). A primeira pauta em discussão é o fortalecimento do aeroporto do município como mola propulsora do desenvolvimento regional, com a geração de empregos. A primeira reunião foi na última quinta-feira (22), na Câmara de Peruíbe.

"Faço uma avaliação extremamente positiva. Eu idealizei o projeto por conta de duas visitas que realizei. Tive uma audiência no Daesp [Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo] e também na Anac [Agência Nacional de Aviação Civil]. Após essas duas reuniões, de ambos os setores, principalmente com o Rafael Botelho [superintendente de Infraestrutura Aeroportuária da Anac], as informações que eu obtive foram as melhores possíveis em relação ao nosso aeroporto", destacou Di Lallo.

Entre os pontos favoráveis do equipamento, citados pelo presidente da Câmara de Itanhaém, estão infraestrutura e viabilidade técnica. "O aeroporto de Itanhaém está pronto. Eu compartilho da opinião do prefeito Marco Aurélio [Itanhaém, PSDB], que a gente sente um preconceito com o Litoral Sul e Vale. Respeitamos o interesse das outras cidades, mas nós estamos juntos nesta frente, defendendo o Aeroporto Regional de Itanhaém, pensando no Litoral Sul e Vale", comentou o vereador.

Hugo di Lallo é idealizador da Frente Parlamentar Litoral Vale+ (Foto: Divulgação/Câmara de Itanhaém)

A Frente conta com a adesão de praticamente todos os parlamentares dos cinco municípios. Um ofício foi protocolado, junto à Voa São Paulo (consórcio brasileiro de administração de aeroportos privados, incluindo o de Itanhaém) para que seja feita uma visita, em 5 de setembro, às 10h, para a obtenção de mais informações.

"Posteriormente, vamos ao Daesp, numa audiência com o Antônio Claret [presidente do órgão], e depois, com o secretário estadual Marco Vinholi [Desenvolvimento Regional], que em uma entrevista manifestou, também, parecer favorável ao nosso aeroporto", explicou Hugo di Lallo.

Por fim, o parlamentar ainda salientou que a Frente irá além do aeroporto. "Vamos tratar de assuntos que são demandar regionais. Com isso, faremos uma outra ação, em 13 de setembro, às 10h. Uma audiência pública, na Câmara de Itanhaém, para falar do Hospital Regional [Jorge Rossmann]. Já temos a confirmação da Paula Covas, diretora do DRS-IV [Departamento Regional de Saúde da Baixada Santista], e vamos convocar deputados e outras autoridades", finalizou o vereador.