EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

24 de Agosto de 2019

Transporte público de Itanhaém entra em greve nesta segunda-feira

Os funcionários reivindicam reajuste salarial de 5,07% e R$ 1 a mais no vale-refeição de R$ 17, além da manutenção dos direitos adquiridos

Os funcionários da empresa Litoral Sul, responsável pelo transporte público em Itanhaém, entraram em greve por volta das 4 horas da manhã desta segunda-feira (5). Segundo o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Santos e Região, a paralisação é por tempo indeterminado.

A ação foi decidida na última terça-feira (30 de julho), em assembleia da categoria. Os trabalhadores buscam o reajuste dos salários e benefícios da categoria na data-base de maio. De acordo com o sindicato, a companhia concorda, apenas, em manter os direitos do atual acordo coletivo. 

Os funcionários reivindicam reajuste salarial de 5,07% e R$ 1 a mais no vale-refeição de R$ 17, além da manutenção dos direitos adquiridos.

“Quem frequenta supermercado e feira-livre sabe que a vida não está fácil. Mas, no entanto, a empresa oferece zero nos salários, como se a inflação superior a 5% no período de um ano não existisse”, disse o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Santos e Região, José Alberto Torres Simões, o Betinho.

Os 40 ônibus municipais não sairam do pátio nesta segunda-feira (5) (Foto: Divulgação/Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários)

Os 40 ônibus municipais atendem a 12 mil passageiros, além dos 4 mil alunos da rede pública de ensino, servidos por outros 50 veículos da viação.

Segundo o secretário-geral do sindicato, Eronaldo José de Oliveira, o Ferrugem, a diretoria permanecerá na porta da garagem da Litoral Sul, localizada na Avenida Alessando Rangel Lima, 1.280, no Cibratel.

“Não arredaremos pé do local até um desfecho satisfatório do movimento. Ficaremos pelo tempo que for necessário”, disse o sindicalista.