Tiago Cervantes descarta barreiras sanitárias em Itanhaém: 'Não temos condições'

Prefeito pede que munícipes e turistas não fiquem na praia nas próximas duas semanas

O prefeito de Itanhaém, Tiago Cervantes, descartou a imposição de barreiras de fiscalização nas estradas para impedir a chegada de pessoas ao município. O chefe do executivo anunciou novas medidas para conter a disseminação da Covid-19, após o Governo do Estado colocar a Baixada Santista na fase laranja do Plano São Paulo.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Em transmissão ao vivo nas redes sociais nesta segunda (25), Cervantes disse que o município não tem condições de praticar barreiras e, apesar de não decretar o fechamento das praias, pediu que os munícipes e turistas não provoquem aglomeração na faixa de areia.

“Essas barreiras não podem ser feitas pelo município. Não temos condições de fazer esse tipo de ação. As praias estão liberadas para práticas esportivas. A gente pede para as pessoas que não fiquem na praia neste momento. Estamos falando apenas de duas semanas um pouco mais restritivas. Não há necessidade, agora, de pegar sua cadeira e ficar com sua família, com seus amigos, na faixa de areia, correndo risco de se contaminar e contaminar outras pessoas”, afirma o prefeito.

Apesar de descartar as barreiras, Tiago Cervantes suspendeu temporariamente a vinda de vans e ônibus turísticos para Itanhaém. Já as aulas presenciais na rede municipal de ensino devem retornar apenas em março.

Publicado por Prefeitura de Itanhaém em Segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

“Nossa discussão inicial seria para que tivéssemos retorno gradual, com 35% da capacidade. Nossa previsão atual é pra retorno presencial em 35% a partir de março. Estaremos ao longo do fim de janeiro e de fevereiro mostrando todas as condições que teremos para um retorno em segurança”, disse.

O Secretário de Saúde de Itanhaém, Fábio Crivellari Miranda, disse que o município receberá mais mil doses de vacinas contra a Covid-19 nesta terça (26). “Já são 510 servidores vacinados até o momento. Temos trabalhado para segurar assistência hospitalar e, na necessidade, ampliar ainda mais o número de leitos”, declarou, sobre a ocupação nos hospitais da rede pública.

Até o último sábado (23), a cidade de Itanhaém registrou 2.838 casos confirmados de Covid-19 e 107 mortes.

Tudo sobre: