EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

22 de Julho de 2019

Problema na qualidade da água, em Itanhaém, deve ser solucionado em até 10 dias

Informação foi dada pelo vereador Silvinho Investigador (PSDB), após reunião com representante da Sabesp no município

O problema na qualidade da água que chega até as residências, em Itanhaém, deve ser solucionado em até 10 dias. A informação foi dada pelo vereador Silvio César de Oliveira, o Silvinho Investigador (PSDB), após reunião com representante da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

O parlamentar se encontrou, na última segunda-feira (18), com o gerente do setor da Sabesp de Itanhaém, Fernando Doveri. O representante da companhia disse que a água tem saído com cor amarelada dos canos do município por causa das chuvas que atingiram a região.

"Por causa das chuvas, a Sabesp necessitou realizar a aplicação de mais produto para a purificação da água. Esse produto atingiu a tubulação. Essa tubulação que chega até a residência acabou também sofrendo um processo de limpeza, o que acabou acarretando a sujeira na saída da água nas residências", explicou Silvinho, em vídeo divulgado nas redes sociais.

O próprio vereador destacou que o gerente da companhia estimou a situação deve se normalizar entre 7 e 10 dias. No último domingo (17), a Sabesp emitiu uma nota onde informou que Praia Grande e os municípios do Litoral Sul (Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe) enfrentam problemas no abastecimento de água.

Outras informações podem ser obtidas pela Central de Atendimento Telefônico 24 horas da empresa, pelo número 0800-055-0195.