EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

21 de Outubro de 2019

Prefeito de Itanhaém detalha plano de R$ 1 bilhão para obras de infraestrutura

Prefeito Marco Aurélio Gomes diz que a cidade saiu vitoriosa com o investimento do Programa Mais Itanhaém. Instalação de saneamento básico e asfalto nas ruas serão alguns dos serviços

A Prefeitura de Itanhaém iniciou neste mês o maior programa de investimentos em infraestrutura da história do Município, chamado de Mais Itanhaém. Em torno de R$ 1 bilhão será destinado para viabilizar diversas obras de pavimentação, saneamento, drenagem e melhorias na iluminação pública nos bairros.

A maior parte dos recursos (R$ 980 milhões) é oriunda da contrapartida da Sabesp pelo fato de o Município ter assinado o contrato para a companhia continuar operando os serviços de saneamento básico pelos próximos 30 anos.

O restante do dinheiro vem de parcerias com a União e com o Governo do Estado, assim como de contrapartidas municipais e de emendas parlamentares. 

Conforme o chefe do Executivo, Marco Aurélio Gomes (PSDB), o Município saiu vitorioso na negociação do novo convênio com a empresa de saneamento, pois ela tinha a intenção de iniciar as obras de ampliação de coleta de esgoto somente daqui a oito anos.

“Em razão de nossa insistência, essas intervenções estão em andamento em bairros considerados prioritários pelo grande adensamento populacional (Tropical, Laranjeiras, Savoy, Belas Artes, Corumbá e Cibratel I e II). São cerca de R$ 200 milhões em obras já contratadas pela Sabesp”.

Após a execução desse trabalho, cuja duração prevista é de 42 meses, Itanhaém deverá ampliar o índice de moradores com coleta de esgoto, de 47,6% para 98,3%. A Cidade tem o pior indicador da Baixada Santista nesse quesito, conforme dados de 2017 do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento.

Obras já estão em andamento no Jardim Corumbá, dentro do programa Mais Itanhaém. Foto: Divulgação

Inundações e segurança

Para resolver o problema das enchentes nos bairros Belas Artes, Corumbá e Cibratel I e II, o Município elaborou um plano de macrodrenagem e constatou a necessidade de construir cinco canais no Município, para escoar as águas da chuva ao mar. As estruturas serão subterrâneas e terão 11 metros de largura. 

“Os dois primeiros canais serão iniciados ainda no meu mandato. Cada um tem um custo estimado de R$ 10 milhões”, destacou.

Gomes citou ainda que nesse pacote está previsto o investimento de R$ 35 milhões em pavimentação. E revelou que serão instalados 1 mil novos pontos de iluminação em toda a Cidade para melhorar a sensação de bem-estar e segurança dos munícipes e turistas.

Além disso, a Cidade ganhará mais 300 novas câmeras de monitoramento inteligente por vários bairros. Atualmente, há 60 equipamentos desse gênero instalados na região central do Município. 

Reconhecimento 

Itanhaém é o terceiro município paulista mais bem avaliado no setor de agricultura entre as 258 cidades que possuem convênios com a Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento. O município do Litoral do Sul ficou apenas atrás de Rio Claro e Rancharia. O anúncio foi feito na manhã de sexta-feira (26), no Palácio dos Bandeirantes. Por conta do bom desempenho, a Administração comandada pelo prefeito Marco Aurélio Gomes (PSDB) receberá um prêmio de R$ 125 mil para que possa aprimorar pontos e melhorar os projetos em andamento.

Na mesma cerimônia, o governador João Doria (PSDB) anunciou que a pasta passará a adotar esse conceito de meritocracia para recompensar as iniciativas que atendem os critérios técnicos estabelecidos dentro do desenvolvimento rural sustentável. Itanhaém já recebeu o Prêmio Josué de Castro de Combate à Fome e à Desnutrição, do Governo do Estado, por incluir pescados e o milho guarani na merenda escolar. Gomes também já recebeu duas vezes o Prêmio Sebrae de Prefeito Empreendedor, devido à adoção de políticas públicas voltadas à economia solidária, compras governamentais e apoio ao pequeno produtor.

 

Tudo sobre: