Pintor de paredes morre afogado em praia no litoral de SP

Reinaldo Miranda, de 45 anos, veio à região para trabalhar e decidiu tomar um banho de mar antes voltar para casa. Óbito foi constatado no local

O pintor de paredes Reinaldo Braga de Miranda, de 45 anos, morreu afogado na praia da Vila Atlântica, em Mongaguá, por volta das 17h30 de sexta-feira (19). Morador em São Bernardo do Campo, na região do ABC, ele veio ao Litoral Sul a trabalho com um colega, o ajudante Douglas Franco da Silva, de 37 anos, que testemunhou o afogamento.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

O patrão dos dois homens contou que a sua equipe foi a um apartamento de Mongaguá realizar orçamento de alvenaria. Cumprida a tarefa, os funcionários decidiram tomar um banho de mar antes do retorno a São Bernardo do Campo. De acordo com o ajudante, o pedreiro entrou na água primeiro e, em dado momento, saiu de seu campo visual.

A testemunha acrescentou que outros banhistas conseguiram resgatar Reinaldo. O pedreiro estava inconsciente e foi acionado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que atestou o óbito. A vítima era separada e deixa uma filha. O caso foi registrado na Delegacia de Mongaguá.

Tudo sobre: