Parceria com Google garante acesso gratuito de ensino virtual em Itanhaém

Alunos e professores terão aplicativo para o ensino a distância. Objetivo é expandir o estudo de maneira remota na plataforma, vinculada ao programa municipal Aprendizado do Futuro

Parceria com a Google – gigante de tecnologia global – colocará as salas de aulas de Itanhaém no patamar da educação do século 21. A partir de setembro, o estudo de maneira remota na rede municipal de ensino será por meio de uma plataforma projetada pela empresa multinacional de serviços online e software norte-americana.  

De acordo com a secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes, o acesso ao ensino virtual a professores e alunos surge como alternativa à suspensão das aulas presenciais, devido à pandemia do novo coronavírus. O objetivo é expandir o estudo de maneira remota na plataforma do Google for Education, vinculada ao programa municipal Aprendizado do Futuro, por intermédio do aplicativo ‘Avaeducaita’, que em breve estará disponível para download no sistema Android.  

Em fase de finalização, o acordo com as principais operadoras de telefonia móvel permitirá que os serviços utilizados por docentes e estudantes em ambiente virtual de ensino não sejam cobrados. A plataforma já estava disponível no site prefeitura de Itanhaém antes mesmo do início da pandemia, mas ganhou impulso por causa do isolamento social.  

O sistema simula uma sala de aula presencial e deverá ser acessado por usuário e senha do Educaita. Nele, os professores poderão acompanhar o desempenho dos alunos, propor atividades interativas, sala de aula virtual (Google Classroom), discussões em fóruns, entre outros. Aos estudantes (1º ao 9º ano), a plataforma oferece dinâmica que facilita a troca de conhecimento. 

Tudo sobre: