Motorista do ônibus de acidente com time de rúgbi responderá em liberdade

Tombamento, que resultou na morte de uma jovem, ocorreu no sábado (30), em um trecho da Rodovia Rio-Santos

O motorista do ônibus que transportava jogadores de rúgbi de Itanhaém e tombou na Rodovia Rio-Santos e capotou, no sábado (30), foi solto neste domingo à tarde após audiência de custódia, em São Sebastião. Ele responderá em liberdade por homicídio culposo (não intencional) e lesão corporal. O acidente causou a morte de uma jovem. 

O acidente aconteceu por volta das 7 horas, no km 157 da rodovia, em um trecho de serra em Boiçucanga. Suspeita-se de falha nos freios do veículo. Lays Prado Luz, de 14 anos, morreu presa nas ferragens e seu corpo foi enterrado, na tarde de ontem, em Itanhaém. 

Três feridos estavam internados até ontem à tarde. Entre eles, uma jovem de 16 anos, hospitalizada em São José dos Campos e cuja família não autorizou informar sua condição de saúde. 

O ônibus transportava mais de 40 esportistas do Athenas Rugby Itanhaém para um torneio em Ilhabela, no Litoral Norte. 

Um mecânico da viação e seu tio, que dirigiu o ônibus, teriam viajado sem autorização. Assim disse à polícia um sócio da empresa proprietária. O motorista relatou ter recebido R$ 200,00 pela viagem. O veículo não tem autorização para transportar passageiros, segundo a Agência Reguladora de Transporte do Estado (Artesp). 

Tudo sobre: