EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

19 de Outubro de 2019

Macaco morre com suspeita de febre amarela no Vale do Ribeira

Animal deve passar por exames para identificar o vírus da doença

Um macaco da espécie bugio foi encontrado morto na zona rural de Eldorado, no Vale do Ribeira. Segundo apurado por A Tribuna On-line, amostras do corpo do animal foram coletadas e foram encaminhadas ao Instituto Adolf Lutz para apurar se a morte foi causada por febre amarela.

O macaco encontrado é uma fêmea da espécie bugio (Alouatta). O animal foi encontrado caído por um morador próximo a uma estrada na zona rural do bairro Poça no dia 3 de outubro, mas foi somente no dia 4 que o homem percebeu que o macaco estava sem vida. Foi então que o morador acionou a Zoonoses do município.

Segundo a médica veterinária Mayara Regina de Souza Pereira, o animal foi recolhido e encaminhado a Jacupiranga para realização da necrópsia.  “Nós coletamos amostras do fígado, coração e baço. Parte do material foi encaminhado ao Instituto Adolf Lutz que realizará a análise para identificar a doença”, explica.

O município havia registrado um caso de febre amarela, aumentando as suspeitas do que causou a morte do animal. Mayara também explica que no final de 2018 foram notificados outros casos de macacos encontrados mortos, porém estavam em estado avançado de decomposição, impossibilitando a análise.

“Suspeitamos de febre amarela porque estamos em uma área endêmica, mas não tínhamos uma epizootia para que pudéssemos confirmar”, comenta.

De acordo com a Prefeitura de Eldorado, o bairro Poça não é coberto por Estratégia de Saúde Familiar (ESF). Entretanto, a Vigilância Epidemiológica informou que foi realizada uma varredura na tarde desta sexta-feira (11) e todos os moradores já haviam sido vacinados contra a doença.

Tudo sobre: