EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

12 de Novembro de 2019

Itanhaém é o segundo município mais violento do Estado de São Paulo

Balanço do Instituto Sou da Paz levantou índices de criminalidade em 139 cidades no primeiro semestre de 2018

Segundo balanço realizado pelo Instituto Sou da Paz, com base nos indíces da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Itanhaém foi a cidade mais violenta entre as cidades da Baixada Santista no primeiro semestre de 2018. No ranking geral, o município ficou em segundo. Mongaguá e Peruíbe também figuraram entre os dez primeiros.

O Índice de Exposição à Crimes Violentos é feito a partir de uma média de crimes letais, dignidade sexual e violência ao patrimônio. São considerados no cálculo as taxas mais altas e baixas de cada tipo de ocorrência. Ao todo, foram analisados os índices de 139 cidades, todos com população acima de 50 mil habitantes e 86 distritos policiais. 

Itanhaém obteve a taxa de 51,9 no período, ficando atrás do município de Lorena, o mais violento de todo o estado com 55,7 de exposição. Mongaguá aparece na oitava colocação com taxa de 31,9 e Peruíbe com 31,5. 

A cidade também foi a segunda maior com índice de estupros em todo o estado durante o período. 51,9% das vítimas eram menores de 14 anos ou estavam vulneráveis, o que inclui embriaguez, inconsciência e até deficiência intelectual. Entre os autores que mais cometem o crime em Itanhém estão familiares (42,9%), desconhecidos (21,4%) e amigos ou conhecidos das vítimas (17,9%).

A localização da violência sexual também foi pautada no levantamento. No município, 75% dos crimes foram cometidos em residência ou condomínio residencial, apontando assim que o crime acontece dentro da própria casa da vítima. Já as vias públicas aparecem em segundo lugar 14,3%.

Vulnerabilidade social

O Índice Paulista de Vulnerabilidade Social (IPVS) classifica a população em sete categorias com base em atributos socioeconômicos e demográficos, classificando em graus de vulnerabilidade.  

Há uma relação direta entre quão vulnerável socialmente é a população de uma cidade e seus índices de violência. No levantamento, Itanhaém também permanece na segunda colocação em todo o Estado de São Paulo.

Resposta

Em nota, a Prefeitura de Itanhaém afirmou que questiona a metodologia e os critérios adotados no relatório, uma vez que os dados levantados não consideram o crescimento populacional sazonal do período da alta temporada, época em que a cidade chega a quadruplicar o número de habitantes e a dobrar nos períodos de feriados prolongados. 

A administração também alega que a pesquisa não envolveu os 506 municípios restantes e que, apesar de ser uma responsabilidade do Estado, vem atuando em conjunto para combater os índices de criminalidade. Além disso, ressalta que vem investindo em segurança por meio do monitoramento de câmeras; armamento policial; iluminação pública, para remoção de pontos escuros. 

Quanto aos casos de abuso sexual contra menores, a prefeitura informou que as vítimas são encaminhadas para atendimento psicológico e ao Programa Cuidar, projeto que acolhe crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. Também cita que são realizados atendimentos itinerantes em bairros da cidade para promover o atendimento social de toda a população e que, mensalmente, realiza rodas de conversas sobre assuntos diferentes.

Tudo sobre: