EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

22 de Setembro de 2019

Gaivota morre após engolir dois anzóis em Mongaguá

Objetos perfuraram estômago da ave, que não resistiu aos ferimentos

Uma gaivota foi encontrada com dois anzóis presos ao estômago próximo à Plataforma de Pesca de Mongaguá. A ave foi resgatada ainda com vida por um morador, mas não resistiu aos ferimentos.

Imagens divulgadas pelo Instituto Biopesca nesta segunda-feira (2) mostram os objetos presos ao corpo do pássaro da espécie Larus dominicanus.

A suspeita de que o animal tivesse algum objeto estranho em seu interior surgiu ao ser notada uma linha que saía de sua boca. Com um exame de raios-X, foi constatado de que a ave levava dois anzóis em seu estômago.

Segundo o Biopesca, o pássaro não resistiu aos ferimentos causados pelos petrechos. Eles iriam ser retirados por meio de cirurgia, mas a gaivota morreu antes mesmo da realização do procedimento.