Câmara de Itanhaém apresenta plano para retomada econômica

Presidente do Legislativo, Hugo Di Lallo, defende redução de tributos municipais e diminuição de taxas de serviços como luz e água

A Câmara Municipal de Itanhaém apresentou um pacote de propostas para impulsionar a retomada das atividades econômicas da cidade. Entre as ações estão a redução de tributos municipais e a diminuição das taxas cobradas pelas concessionárias de energia elétrica e saneamento básico.

A propositura é de autoria do presidente da Câmara, vereador Hugo Di Lallo (Cidadania). Ele defende que a taxa do Imposto Sobre Serviço (ISS) seja reduzida de 5% para 2% e o Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) passe de 3% para 1,5%.

Di Lallo defende que o melhor cenário para o momento seria a isenção total de tributos para os setores. No entanto, devido ao momento de enfrentamento de pandemia, o Poder Público não poderia abrir mão de todas suas receitas.

"O pacote de medidas ajudarão os pequenos comerciantes e empresários da cidade a retomarem suas atividades", analisa.

O presidente do Legislativo afirmou que apresentará pedidos de redução de taxas mínimas cobradas pela Sabesp e Elektro, no fornecimento de água e luz dos estabelecimentos. "As taxas mínimas pagas pelos comerciantes são o dobro do cobrado em residências. Com os estabelecimentos fechados, como terão renda para pagar esta conta? Vamos tentar reverter essa situação", finalizou o parlamentar.

Tudo sobre: