Baianinho acredita em Câmara renovada e prioriza interlocução entre poderes em Mongaguá

Vereador assume a presidência do Legislativo pela terceira vez

Antonio Eduardo dos Santos, o Baianinho (MDB) foi eleito para o quarto mandato consecutivo como vereador em Mongaguá. Pela terceira vez, ele assume a presidência do Legislativo muncipal. Após quatro anos conturbados, em uma disputa política desde o afastamento do então prefeito Artur Parada Prócida, o parlamentar crê em um período de maior tranquilidade com a renovação na Casa de Leis, com sete novos representantes. À frente da Câmara, diz que trabalhará na interlocução entre poderes para recuperar a autoestima da população.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Como foi a montagem da sua candidatura para a presidência da Câmara?

Por já ter sido por duas vezes presidente desta casa, facilitou a conversa para que eu pudesse mais uma vez ser o presidente. Tenho um enorme respeito em todo o meio político do nosso município , é tanto que fui eleito por unanimidade (13 votos).

Humildade e credibilidade são fatores primordiais para eu ter ganho essa eleição.

No último biênio, a Câmara viveu um ambiente conturbado devido aos reflexos do afastamento do prefeito Artur Parada Prócida. O senhor acredita que este período está superado?

Sim, com certeza. O prefeito Márcio Cabeça, nos deu total tranquilidade e o bom relacionamento com a Câmara fez com que a paz e a alegria voltasse a essa Casa de Leis.

Quais são as suas prioridades para o biênio à frente da Câmara?

Uma boa interlocução entre o Legislativo com o Executivo, para que possamos urgentemente resgatar a autoestima do povo mongaguaense e a cidade avance rapidamente para um crescimento em todos os sentidos.

Quais os principais desafios para este mandato como presidente da Câmara?

Acredito que não haverão muitos desafios, uma vez que temos uma câmara renovada e disposta a trabalhar pela nossa cidade.

O senhor acredita que o Legislativo ainda deve sentir, neste ano, reflexos da pandemia?

Acredito que, com a chegada da vacina, iremos poder ficar um pouco mais tranquilos, porém sempre respeitando as medidas sanitárias, pois sabemos que ainda temos um grande caminho a percorrer até que tudo volte a ser como era antes, ou pelo menos, perto do que era.

Qual a mensagem que o senhor deixa para a população de Mongaguá?

Agradeço a oportunidade e aproveito para desejar um 2021 repleto de realizações, saúde e muita prosperidade a todo o povo brasileiro.

Tudo sobre: