EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

22 de Maio de 2019

Guarujá inaugura nova sede da Delegacia de Defesa da Mulher

Iniciativa é uma parceria entre a Polícia e o Fundo Social de Solidariedade

No Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta sexta-feira (8), Guarujá inaugurou a nova sede da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).  A cerimônia ocorreu às 10 horas no novo espaço, que fica na Rua Washington, 227 - Vila Maia. A iniciativa é uma parceria entre a Polícia Civil e o Fundo Social de Solidariedade de Guarujá.

O novo imóvel é climatizado, e conta com acessibilidade. Diferente do antigo, que ficava localizado atrás da Delegacia de Polícia Sede de Guarujá. Agora, cada setor possui seu próprio ambiente, dando melhor qualidade de atendimento tanto para os profissionais quanto para as vítimas.

Entre as novidades, a DDM vai contar com uma sala para atender crianças e adolescentes vítimas de violência e que desde o inicio da parceria com a Prefeitura, conta com atendimento especializado de uma assistente social, responsável pelo primeiro acolhimento.

A Delegacia da Mulher tem o objetivo de assegurar o combate à violência contra as mulheres, realizando atendimento policial especializado, e tem como principio proporcionar tranquilidade à população feminina, vítima de violência, através das atividades de investigação, prevenção e repressão dos delitos praticados contra a mulher. Por mês, a DDM realiza 170 atendimentos, entre eles 70% são de violência doméstica.

Atendimento

A mulher vitimizada quando chega à delegacia é atendida por uma assistente social, que faz o primeiro acolhimento. A profissional realiza uma entrevista e já faz os encaminhamentos para os serviços de proteção e assistência social do Município.

Em seguida, é registrado o boletim de ocorrência e, dependendo do caso, a vítima pode requisitar a medida protetiva. Entre as medidas mais utilizadas está a proibição de aproximação, proibição de contato e afastamento do lar do agressor.

O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 19 horas. À noite, fim de semana e feriados o atendimento é realizado na Delegacia de Polícia Sede de Guarujá (Av. Puglisi, 656 – Centro).

Quando a mulher deve procura a DDM?

Quando a mulher for vítima de um crime. Crimes contra a honra (calúnia, difamação e injuria), contra a pessoa (ameaça, lesão corporal, contrangimento ilegal), crimes sexuais e cibernético (internet), além de atendimento a crianças e adolescentes vitimas de violência.