EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

17 de Setembro de 2019

Feridos de acidente com ônibus de excursão são transferidos para a Baixada Santista

Acidente na noite de domingo (9), vitimou dez pessoas, sendo oito moradores de cidades da região

Quatro dos 51 feridos do acidente envolvendo um ônibus de turismo de Praia Grande que tombou em Campos do Jordão foram transferidos para unidades de saúde da Baixada Santista. Inicialmente, eles estavam internados no interior e agora recebem cuidados na região.

A prefeitura de Cubatão informou que três feridos foram encaminhados, inicialmente, ao Hospital Municipal. Dois deles seguem internados na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e vão passar por cirugia.

A terceira pessoa foi transferida para o Hospital Ana Costa, em Santos. Em nota, a unidade de saúde informou que o paciente encontra-se sob cuidados multidipliscinares e que seu estado de saúde "inspira cuidados".

Logo após o acidente, 16 vítimas foram encaminhadas para o Hospital Regional de Taubaté, e cinco ainda permanecem lá. Três foram transferidos para hospitais da Baixada Santista enquanto que oito já tiveram alta.

A Santa Casa de Pindamonhangaba recebeu cinco pessoas feridas. Segundo o último bolem médico da unidade, uma pessoa segue internada, uma foi transferida para Cubatão enquanto que as demais já foram liberadas. As 30 pessoas atendidas no pronto-socorro de Campos do Jordão também já receberam alta.

>>> Sobrevivente diz que motorista estava em alta velocidade e na contramão: 'Pedíamos para ele parar'

>>> Horário de retorno da excursão 'salva' casal de acidente com ônibus de Praia Grande

>>> Saiba quem são os 10 mortos em acidente com ônibus de turistas da Baixada Santista

Acidente em rodovia

O acidente aconteceu na noite de domingo (9) na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiros (SP-23) por volta das 21h30. O ônibus, que voltava para a Baixada Santista, realizava uma excursão em Campos do Jordão para celebrar de forma antecipada o Dia dos Namorados.

Dentro do veículo, havia passageiros de Cubatão, Praia Grande, São Vicente e Santos. Das dez vítimas fatais oito estavam dentro do ônibus - os outros dois mortos estavam em um carro de passeio que foi atingido com o ônibus após tombar. O acidente matou cinco mulheres, três homens e duas crianças.