EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

22 de Fevereiro de 2019

Defesa Civil e Marinha emitem alerta sobre frente fria que trará chuva, ressaca e ventos fortes

Aproximação de frente fria vinda do Sul causará chuva durante a semana, além da queda de temperatura a partir de quarta-feira (13)

A semana na Baixada Santista começou com sol forte e muito calor, mas, nos próximos dias, esse cenário deve mudar. Segundo informa a Defesa Civil de São Paulo, a aproximação de uma frente fria vinda do Sul do país vai causar pancadas de chuva dispersas pelo estado. A estimativa é de que o acumulado em cinco dias seja de até 130mm na região. A Marinha do Brasil, por sua vez, alertou para a possibilidade de ventos fortes e ressaca.

Segundo a Defesa Civil, são previstas chuvas fracas a moderadas de longa duração, interminentes e/ou persistentes, condição que eleva o risco de deslizamentos. Além da chuva, a região terá queda de temperatura a partir de quarta-feira (13).

A previsão é de que a chuva ocorrerá principalmente entre terça (12) e quarta-feira. Na quinta-feira (14), as instabilidades perdem força no período da manhã, mas as pancadas de chuva retornam durante a tarde até a noite, mantento o tempo instável até sexta-feira (15).

Na semana passada, uma chuva forte atingiu diversas cidades da Baixada Santista. Centenas de pessoas ficaram desalojadas, além de ruas e avenidas terem ficado alagadas, prejudicando o trânsito, incluindo o transporte público.

Ressacas e ventos fortes

A Marinha do Brasil também emitiu um comunicado, nesta segunda-feira (11), avisando que, entre a noite de terça e a manhã de quinta-feira, a passagem da frente fria poderá provocar ventos fortes em direção Sudoeste e Sudeste, especialmente nas cidades do litoral de São Paulo, Santa Catarina, Paraná e Rio de Janeiro. Os ventos poderão gerar ondas de Sudeste a Sul de até 3 metros, atingindo as proximidades do litoral dos mesmos estados.

De acordo com o comunicado, há, também, condições favoráveis para ocorrer ressaca, com ondas de Sul a Sudeste de até 2,5 metros entre as cidades de Laguna (SC) e Cananéia (SP), na terça à noite e quarta-feira pela manhã. O município de Cananéia pode  ser atingido até a manhã de quinta-feira, como, também Arraial do Cabo (RJ).