EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

18 de Novembro de 2018

Dani Vellocet lança o álbum "Amores" nesta quinta-feira, no Sesc Santos

Em entrevista, a cantora fala sobre o retorno à região onde nasceu e cresceu

Quando lançou seu primeiro disco autoral, Amores, Dani Vellocet se preocupou com todos os detalhes, inclusive que o álbum “nascesse” sob o signo de leão. Segundo a astrologia, o signo de fogo é intenso, apaixonante e dedicado. 

Assim foi com seu trabalho, que vem com tons de vermelho na capa e muita paixão nas letras e acordes. Assim como os nativos de leão, ele também traz protagonismo, abusando de boas letras e uma participação especial de Rogério Flausino, do Jota Quest, com quem divide os vocais em Lado Bom.

A seguir, a santista fala sobre o retorno à região em grande estilo, com show no Sesc Santos, nesta quinta-feira (8), para apresentar aos amigos o que vem aprontando desde que se mudou para a Capital.

Sobre o show, é inteiro do Amores, certo?

Como é lançamento, tocaremos todas as músicas do Amores. A ideia do show é abordar os diversos sentimentos gerados pelo “apaixonamento”, assim como no disco. Algumas surpresas no repertório e momentos dançantes vão ser a cereja do bolo.

Estar em casa tem um gosto especial, né? Você está ansiosa?

Super! Aguardei com muita ansiedade a confirmação dessa data. Santos, além de ser minha casa, é a minha escola. Toquei nas maiores casas noturnas da Cidade, com os músicos mais incríveis. Estou muito feliz e um pouco tensa também... Parece que vou apresentar meu TCC (risos).

Fale sobre o show de lançamento em São Paulo, suas observações...

Foram dois shows com ingressos esgotados em São Paulo. Muita gente estava curiosa pra ver Amores ao vivo e eu não via a hora de estar no palco. Acho que isso gerou uma energia maravilhosa, essencial pra essa estreia. Foi bem lindo!

Você gravou o clipe de Lado Bom, né? O que dá pra adiantar dele?

Eu e o Flausino gravamos o clipe na semana passada. Agora gravaremos cenas com outros artistas e também pessoas “comuns” em seus relacionamentos afetivos. Assim como a música, o clipe vai ser alto-astral. É sobre amor e parceria. Como diz a letra “se ficarmos de mãos dadas, nunca iremos nos perder”. Uma versão acústica também está a caminho.

Em geral, o que está sentindo nesse momento de estreia, digamos assim? 

Ansiedade sempre (risos). Mas tenho muita gente talentosa e parceira trabalhando ao meu lado e me apoiando. Isso me dá uma acalmada.

Em nossa última entrevista, você citou que seu lado rock estava querendo aparecer. Apareceu? Tem algo acontecendo?

Na verdade, ele nunca desapareceu. O rock n’ roll está em mim. Mesmo que eu cante de uma maneira mais suave, ele está sempre ali comigo. E, de vez em quando, ele assume o microfone.

Serviço: hoje, às 21h, Dani Vellocet faz apresentação na comedoria do Sesc Santos, com o disco solo Amores. Abertura às 19h30, com DJ Simoníssima. Ingressos de R$ 5,00 a R$ 17,00. Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida.