Um turista alemão morreu na madrugada deste sábado após cair da cobertura de um prédio no Canto do Forte, em Praia Grande. O caso foi registrado como suicídio, mas as investigações da Polícia Civil confirmarão ou não a natureza da ocorrência.

O turista estava na casa do empresário Nelson José dos Santos, de 43 anos, quando pulou, caindo na área comum do prédio. A versão para o ocorrido é do empresário.

Daniel Tegge, de 29 anos, natural de Bremen (cidade alemã a 315 quilômetros de Berlim, capital alemã), estava na Avenida Marechal Mallet, famosa pela diversidade de bares e restaurantes, quando encontrou Santos. Segundo o empresário, Tegge tinha como destino Curitiba (PR). Porém, parecia estar perdido em Praia Grande.

Assim, Nelson Santos convidou o turista para se hospedar em sua casa. Mesmo contra a vontade da esposa de Santos, Tegge ficou no apartamento. Naquele momento, foi levado até a cobertura e, perto da piscina, pulou, segundo o empresário. O turista morreu no local.

O corpo de Daniel Tegge foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Santos, pois a unidade praia-grandense está fechada desde o final do ano passado. Até o momento, nenhum parente ou conhecido do turista reclamou o cadáver, que permanecerá guardado no IML enquanto o reconhecimento não ocorrer.

Um representante do Consulado Geral da Alemanha em São Paulo, responsável pelo atendimento de emergências a cidadãos alemães no Estado, disse para A Tribuna, por telefone, que o órgão não havia tido conhecimento do caso. Em situações do gênero, explicou, “nós aguardamos que as autoridades oficiais do Brasil nos informem”.

O caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande pelo delegado Ricardo Valentim Alexandre Fernandes.